20 dias após casamento, mulher descobre que marido era pedófilo e estuprador

O sonho de um casamento perfeito se transformou em um pesadelo para uma britânica. Pouco após se casar, ela descobriu que o marido era pedófilo e ainda tinha costume de dopá-la e violentá-la enquanto dormia.

Catrina Alexandra Jade Young, de 29 anos, e Christopher Lander, de 28, namoraram durante três anos e tiveram um filho nesse período. Eles estavam casados há 20 dias quando a polícia apareceu na casa da família em Ipswich, sudeste do Reino Unido, para cumprimento de um mandado de prisão.

Até então sem desconfiar de nada, ela descobriu que seu marido era acusado de violentar crianças. Durante buscas na casa, a polícia apreendeu o notebook e o aparelho celular de Lander, que continham imagens de crianças nuas.

Na casa também foram encontrados diversos remédios de dormir. As investigações apuraram que ele tinha costume de dopá-la e ainda a estrupava. Catrina disse que tinha costume de acordar com dor de cabeça e nos aparelhos eletrônicos de Lander foram encontradas fotos dela como se estivesse desmaiada durante relações sexuais.

– Ele me enganou, me violentou, me drogou e poderia ter feito mal a meus outros filhos, que moravam conosco. Chegou a falar a seus advogados que pretendia falar comigo. Eu disse que não. Os advogados me contaram que ele iria me acusar de ser cúmplice. Contei isso à polícia, e ele parou de mandar recados para mim. Ele deveria passar a vida toda na cadeia. Não sei como pude me apaixonar por um homem tão nojento – disse Catrina em entrevista ao jornal The Sun, sem saber o perigo que corria risco com seus três filhos que moravam na residência.

Lander foi preso e julgado, sendo condenado a 12 anos de reclusão.

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre