Home / Notícias / Mundo / Morte de casado fazendo sexo em viagem de negócios é classificada como “acidente de trabalho”

Morte de casado fazendo sexo em viagem de negócios é classificada como “acidente de trabalho”

O caso de um homem casado que morreu após sofrer um ataque cardíaco enquanto fazia sexo com amante durante uma viagem de negócios teve um desfeche um tanto inusitado.

Xavier X, cujo sobrenome não foi divulgado, trabalhava como engenheiro na empresa TSO, que presta serviços ferroviários na França e tem sede em Paris.

Ele morreu em 2013 durante uma viagem de negócios à região central da França. Na ocasião, ele teria recebido uma hóspede em seu quarto de hotel, com quem teria mantido uma relação extraconjugal. Durante o ato, ele sofreu um ataque cardíaco e veio a óbito.




A família de Xavier então ingressou na Justiça para receber uma indenização da TSO. A ação foi julgada recentemente, após a empresa recorrer alegando que ele não estava tratando de assuntos profissionais quando morreu.

O Tribunal de Apelação de Paris decidiu que a família de Xavier deve receber um benefício mensal de 80% do salário dele até a idade mínima para aposentadoria.

De acordo com a legislação francesa, o empregador é responsável por qualquer acidente que ocorra durante uma viagem de trabalho.




Fonte: Guia Muriaé, com informações do The Times e BBC




Confira também

Jovem quebra o celular de mulher e acaba estuprado por ela e amiga

Duas mulheres de 22 e 32 anos foram presas suspeitas de abusar sexualmente de um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *