Saiba como ficar com o bolso em dia em 2024

Plataforma de educação financeira da Febraban traz orientações sobre como organizar as finanças para realizar projetos no ano

Guia Muriaé no WhatsApp

A virada no calendário é um bom pretexto para tomar a decisão de sair das dívidas e colocar a vida financeira nos eixos. É o momento oportuno de repensar as escolhas que foram feitas no passado, renovar os sonhos e traçar as metas para alcançar o que se deseja no ano que começa.

“Essa virada de chave é possível com disciplina, organização e planejamento. Definir metas e objetivos para o ano, planejar e acompanhar o orçamento, controlar as despesas e economizar dinheiro são resoluções que podem ajudar a melhorar a saúde financeira e a criar hábitos financeiros saudáveis que trazem importantes benefícios a longo prazo”, ressalta Amaury Oliva, diretor de Cidadania Financeira da Febraban.

Confira a seguir algumas dicas trazidas pela plataforma de educação financeira Meu Bolso em Dia Febraban para alcançar esses objetivos:

#1 ORGANIZE AS DÍVIDAS

O primeiro passo é fazer um orçamento pessoal, listando todas as fontes de renda: salário, ganhos extras, aluguel, auxílios etc. Use uma das planilhas gratuitas

disponíveis no Portal Meu Bolso em Dia Febraban para isso.

Marque os gastos do mês, e até mesmo os pequenos gastos do dia a dia, incluindo o cafezinho. Essa organização facilita entender quanto dinheiro entra e para onde ele vai.

Também registre a sua dívida: o quanto deve e para quem, o quanto já foi pago, quantas parcelas estão pendentes e o valor de cada uma delas. Se você tem várias dívidas, liste todas.

“Fazendo isso, é possível definir prioridades. A recomendação é quitar, primeiro, os serviços essenciais (água, luz, gás, aluguel, condomínio) e, depois, as dívidas com bens dados em garantia (imóvel e veículo, por exemplo, que podem ser perdidos por falta de pagamento). Na sequência, vêm as dívidas com juros mais altos”, recomenda Amaury Oliva.

#2 REVISE OS GASTOS

Com o orçamento pronto, é possível revisar os gastos mensais e até a projeção das despesas anuais. Há algum item que pode ser reduzido ou que não faz mais sentido e pode ser cortado? Esse é um bom momento para caçar os chamados gastos invisíveis, que podem impactar as finanças e minar nossa capacidade de poupar. Você usa todos os serviços de streaming que contrata, por exemplo?

“Este também é um momento para repensar nosso estilo de vida. Você vive o padrão que cabe no seu bolso? Muitas vezes, é melhor dar um passo atrás para conseguir reorganizar as contas e, depois, voltar a planejar cada conquista. Outra reflexão importante diz respeito às escolhas financeiras que fazemos no dia a dia. Elas precisam estar alinhadas aos objetivos que queremos alcançar”,  orienta Amaury Oliva.

#3 RENEGOCIE CONTRATOS

Aproveite o começo de ano para negociar contratos com bancos e financeiras, buscando parcelas adequadas à sua realidade. Se tiver um dinheirinho guardado, é possível conseguir descontos nos juros ao antecipar parcelas ou quitar logo a dívida.

É possível negociar a taxa de juros ou o prazo de pagamento, aumentando o número de parcelas para fazer com que o valor pago mês a mês fique mais baixo.

Lembrando que, até o final de março de 2024, é possível negociar pelo Desenrolar Brasil e conseguir bons descontos para sair das dívidas. Para isso, acesse o site desenrola.gov.br e faça login com sua conta Gov.br.

#4 DESAPEGUE

É difícil se desfazer de uma conquista, principalmente quando ela envolve muito trabalho. Porém, se apegar a um bem que custa além do que você consegue pagar ou manter irá consumir sua capacidade de formar um patrimônio.

Às vezes, é necessário assumir que deu um passo maior que a perna e voltar um pouco atrás para redimensionar as coisas de acordo com o tamanho do seu bolso. Não tenha vergonha de vender o carro ou outro bem para pagar as dívidas e colocar a vida financeira em ordem, guardando as lições aprendidas antes de sua próxima empreitada.

#5 GUARDE DINHEIRO

Poupar regularmente, de forma automática, ajuda a dificultar as compras por impulso, por exemplo. Existem vários métodos diferentes para isso, e é preciso entender qual funciona melhor para cada pessoa. O principal deles é programar uma aplicação no banco assim que o salário cai na conta. Há, ainda, o método dos envelopes, em que o dinheiro para cada gasto mensal é colocado dentro de um envelope e só é usado para aquela finalidade.

Construir essa reserva é realmente importante e não é preciso ter muito dinheiro para começar.

“Estabeleça uma meta factível. Por menor que seja o valor, ele pode ser colocado em uma aplicação financeira segura, com liquidez diária, ou seja, que possa ser resgatada a qualquer momento e que proteja o dinheiro das perdas da inflação e traga alguma rentabilidade”, recomenda Amaury Oliva.

#6 CONSIDERE FAZER RENDA EXTRA

Toda hora é hora de aprender novas habilidades ou aprimorar conhecimentos. Fazer um curso livre, uma especialização na área em que atua ou aprender algo novo pode significar mais oportunidades para evoluir na carreira, ganhar mais ou começar uma nova profissão. Estudos mostram que, a cada ano de estudo, a renda pode aumentar em até 15 vezes no Brasil.

Não é mais necessário morar em grandes centros urbanos para ter acesso a conhecimento e educação de qualidade, basta pesquisar os sites de instituições educacionais brasileiras ou internacionais para acessar cursos mais rápidos ou mais prolongados presenciais ou totalmente online. É possível encontrar conteúdo de qualidade sobre todos os assuntos, muitos deles gratuitos ou de baixo custo.

#7 CONSTRUA UMA RESERVA DE EMERGEÊNCIA

Esse é um dinheiro que deve estar disponível para você acessar diante de algum imprevisto, como desemprego, doença na família e até situações mais corriqueiras, como quando seu carro pifa. Este montante é usado para “te salvar” de um sufoco, quando você não tem escolha e precisa resolver aquele problema na hora. O valor da reserva depende da realidade de cada pessoa. Em geral, recomenda-se que você tenha de 3 a 12 meses da sua média mensal de gastos em uma aplicação específica para a reserva de emergência.

E atenção: nunca use este valor para as contas do dia a dia. Deixe-o reservado para aquelas situações inesperadas, que pegam a gente de surpresa. Com uma reserva, você evita entrar em dívidas quando elas acontecem. Veja como começar em nosso Guia da Reserva de EmergênciaClique aqui para baixar gratuitamente.

#8 PLANEJE PARA REALIZAR

Reserve um momento com sua família para listar o que desejam realizar, e ao longo do ano procurem criar o hábito de conversar sobre dinheiro. Esta prática vai ajudá-lo a visualizar o caminho que estão traçando para a realização dos sonhos, as rotas que precisam ser corrigidas, as adaptações a serem feitas no orçamento, na rotina e no padrão de vida para ajustar a vida financeira do casal aos acontecimentos e imprevistos do ano. O diálogo sobre as finanças deve ser permanente, não apenas quando há problemas ou dificuldades. Só assim é possível superar os desafios em conjunto e construir uma vida mais próspera agora e sempre.

#9 SAÚDE PARA DAR E VENDER

Manter-se saudável é, também, uma forma de economizar com a compra de remédios, tratamentos e consultas. Alimentar-se bem, praticar exercícios físicos e dormir a quantidade de horas adequadas são práticas que ajudam a fortalecer as defesas do organismo, combater doenças e, também, fazem bem para as finanças. Que tal unir o útil ao agradável e se programar para caminhar ou pedalar mais e dirigir menos em 2024? Sua saúde, seu bolso e o planeta agradecem.

#10 ADEUS AOS VELHOS HÁBITOS

Deixe para trás aquilo que não faz mais sentido, como hábitos de consumo que têm minado sua capacidade de poupar e de ter uma boa saúde financeira é outra boa resolução para viver melhor em 2024. Comece fazendo uma reflexão sobre o ano que passou: tem algum comportamento que você deseja mudar para conquistar um estilo de vida mais equilibrado e alinhado à sua realidade financeira? Coloque no papel o que deseja alcançar – por exemplo, evitar comprar por impulso, eliminar desperdícios, usar o cartão de crédito apenas se souber que irá conseguir pagar a fatura no vencimento e outras medidas para fazer cumprir suas resoluções de Ano Novo.

Fonte: Febraban – Federação Brasileira de Bancos

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo