Resumo da novela Nazaré – 13/09 a 17/09

Confira o resumo dos próximos capítulos da novela Nazaré (de 13 de setembro a 17 de setembro), exibida pela Band, e fique por dentro dos principais acontecimentos desta semana.

Segunda-Feira, 13 de Setembro

Capítulo 85: Toni agradece à mãe por deixar ficar Nazaré ficar em sua casa. Toni se sente culpado por Nazaré estar assumindo a culpa sozinha e promete que vai ajudá-la a provar a sua inocência.

Ana recebe Luísa e Mauro no hotel e fica entusiasmada com a sua presença. Mauro, sem que Luísa perceba, pede a Ana que guarde no cofre do hotel um anel, pois pretende pedir a namorada em casamento.

Matias, que está por ali, ouve a conversa e reconhece Luísa. Trata-se da mulher de que Toni falou em relação ao plano de lhe roubar o colar para pagar a dívida a Cortez.

Matias fica atento. Toni está com Nazaré, que confessa estar com muito medo.

Toni a consola e diz que sempre vai gostar dela e que estará sempre para a apoiar ainda que ela tenha escolhido Duarte. Bárbara vai até à Quinta e diz a Duarte que não está ali numa tentativa desesperada de uma reaproximação, mas sim como amiga e que, se Duarte precisar, ela está ao seu dispor para desabafar.

Joaquim vai novamente ao encontro de Dolores em busca do seu perdão. Dolores explica que não é fácil para ela superar tudo isso mais uma vez.

Joaquim não consegue resistir e beija Dolores com paixão, que também se deixa envolver. Nazaré vai até à Quinta falar com Duarte para dizer que o ama e que sabe que ele nunca irá perdoá-la, mas que o filho que ela carrega, ele não vai tirar dela porque é a única coisa que lhe sobra da história de amor que viveu com ele, é a única coisa verdadeira que sobra de tudo.

Nazaré dirige-se à saída, lavada em lágrimas, quando Duarte a chama. Nazaré olha esperançosa para ele quando ouve as sirenes lá fora.

Tenta fugir para a sua moto quando Duarte lhe mostra a escuta. Laura entra e detém Nazaré.

Nazaré tenta se defender e dizer a Laura que não matou Antônio e que essa situação é muito injusta, pois ela é inocente. Num impulso, Nazaré sobe para a sua moto e arranca a toda a velocidade.

Prata e Laura entram no carro e seguem atrás de Nazaré. Na casa dos Silva, estão todos muito preocupados sem notícias de Nazaré.

Toni diz que está disposto a ajudá-la porque é injusto que arque com as consequências sozinha, apesar de Glória não achar muito graça. De repente, Matilde recebe uma vídeo-chamada da filha contando que Laura quase a apanhou e que, naquele preciso momento, deve estar à procura dela porque fugiu.

Terça-Feira, 14 de Setembro

Capítulo 86: Verônica mostra a Érica as imagens de Nazaré e a filha fica incrédula e convencida de que Nazaré é mesmo culpada. Pede à mãe autorização para enviar as imagens ao irmão.

Bernardo recebe o vídeo que incrimina Nazaré. Duarte comenta que sabe que Nazaré não é totalmente inocente, mas que aquilo foi tudo um plano orquestrado por Félix e Verônica.

Olívia acha que Bernardo devia tentar falar com a mãe para ver se descobria alguma coisa. Fábio liga para Heitor e diz que conseguiu obter a localização da sua família através do celular de Carol, mas adverte de que eles estão protegidos.

Heitor quer seguir, de imediato, em busca da família, mas Félix liga dizendo que precisa dele na Atlântida. Félix diz a Heitor que quer que ele mate Verônica e que incrimine Nazaré.

Heitor diz que precisa de tempo para tratar de uns assuntos pessoais e Félix aceita, mas ordena que siga com o plano. Nazaré desabafa com o pai e diz que acha que foi Duarte quem a denunciou.

Joaquim aconselha a filha a esquecê-lo e a proteger o seu filho. Ana atende o celular e é a Sofia, que está em pânico.

Ana chama Gonçalo, aos gritos. Gonçalo diz à amiga que vai a casa de Heitor ver se Carol lá está.

Carol se encontra com o pai, em casa. Diz a Heitor que veio sozinha, pois ouviu a sua mensagem.

Heitor se emociona com a atitude da filha, mas, ao mesmo tempo, está cheio de raiva por não saber da mulher e do filho Pipo. Toni fica nervoso quando vê Laura entrando no Restaurante.

Laura pergunta por Nazaré e diz que a viram entrando na casa deles. Matias desmente, mas Laura diz a Toni que terá de acompanhá-la à delegacia.

Matias apresenta à mãe o plano que Toni fez para roubarem o colar da famosa que está no hotel. Glória fica apreensiva e disfarça o interesse, tal como Matias, mas ficam ambos pensando no assunto.

Bernardo vai em casa, acompanhado por Olívia, e pergunta a Verônica se ajudou Félix com todo esse plano maquiavélico para matar o primo e incriminar Nazaré. Verônica desmente tudo e tenta fazer a cabeça de Bernardo para que ele acredite que Nazaré é culpada.

Gonçalo quer levar Carol, mas Heitor não deixa. Sofia entra em casa, acompanhada pelo funcionário da APAV, e agarra em Carol para a levar dali para fora.

Duarte vai até casa de Nazaré e diz a Matilde que não foi ele quem denunciou Nazaré, que foi Laura que colocou uma escuta na Quinta e que nunca a entregaria a não ser que soubesse que estaria em segurança. Já de volta ao “esconderijo”, Sofia tenta acalmar a filha e Carol promete à mãe que não volta a fugir.

Têm de parar, no meio da estrada, pois Carol está aflita para “ir à casa de banho”. Sofia acompanha a filha até um sítio onde não seja vista.

Sofia aguarda por Carol quando é surpreendida por Heitor que a agarra de forma a que não consiga se soltar ou gritar e a arrasta para o lado oposto até desaparecer com ela.

Quarta-Feira, 15 de Setembro

Capítulo 87: Carol fica desesperada quando não vê Sofia. Num sítio oposto ao de Carol, Heitor bate em Sofia com violência.

Sofia pede misericórdia ao marido, mas Heitor está fora de si. Bate em Sofia até que esta cai e bate com a cabeça numa pedra ficando inconsciente.

Heitor fica petrificado. Num barracão, Joaquim entrega um celular novo a Nazaré e diz que ela tem que fugir se não vai presa.

Matilde, que está com eles, conta à filha que Duarte está preocupado com ela e que não foi ele que a denunciou. Nazaré está em pânico, não quer fugir, quer provar a sua inocência.

Heitor chora e Carol grita e insulta o pai. O funcionário da APAV apressa-se a certificar que Sofia está viva.

Na quinta, Laura fala com Duarte que diz a ele que Nazaré é inocente da morte de Antônio. Laura confessa que as provas indicam que tenha sido Nazaré e que, se tudo aquilo foi um plano de Verônica e Félix, foi muito bem planejado.

Verónica e Érica vão até à Quinta tentar convencer Bernardo a voltar para casa. Duarte perde a cabeça com a tia e a expulsa, dizendo que está proibida de entrar em sua casa.

Bernardo fica muito agitado com toda a situação, mas não pretende abandonar o primo. Cortez aparece no Restaurante e ameaça Glória com uma arma.

Dá a ela um prazo até o final da semana para lhe entregar o dinheiro correspondente à barra de ouro. Toni e Matias estão dispostos a ajudar a mãe e seguir com o plano do assalto.

Matilde e Joaquim estão no Mercado para fazerem compras para Nazaré. Joaquim avisa a ela que precisa ter cuidado para não ser seguida.

Dolores observa eles. Joaquim conta a Dolores que está escondendo Nazaré e pede segredo a ela.

Heitor diz a Félix que Sofia sofreu um acidente e que não pode fazer aquilo que ele lhe pediu (matar Verônica). Félix tenta demovê-lo, mas não consegue.

Verônica estranha vê-los juntos. Já no Hospital, Sofia está em coma.

Carol chora e pede desculpa à mãe. Gonçalo e Laura, que também estão no local, tentam acalmá-la dizendo que não foi culpa dela.

Matilde vai até ao barracão onde está Nazaré e leva o jantar para a filha. Nazaré não quer que a mãe se ponha em risco por causa dela.

Matilde entrega à filha um chocolate enviado por Toni. No Restaurante, Ismael está todo animado por ir jantar com Cláudia quando Félix chega e pede a ele para falar com ela.

Quinta-Feira, 16 de Setembro

Capítulo 88: Verônica vai ao encontro de Heitor e pergunta se falou com Félix sobre ela. Heitor começa a inventar uma história.

Verônica percebe o que se passa e diz que, se ficar do lado dela, ela pode ajudá-lo com a custódia dos filhos e com toda a situação familiar. Bárbara fala com Duarte da proximidade de Joaquim e Matilde e diz que até Dolores reparou.

Desconfia que eles sabem onde está Nazaré. Na recepção do Hotel, Heitor, agressivo, diz que quer ver os filhos, mas Gonçalo tenta despistá-lo, dizendo que não estão.

Heitor vê os filhos e avança para eles, mas Duarte põe-se à frente para o impedir. Heitor esmurra Duarte e Laura vê-se obrigada a detê-lo.

Heitor é levado pela polícia e grita dizendo aos filhos que não acreditem em nada do que dizem e que é inocente. Matilde vai até ao barracão levar mais coisas à filha.

Nazaré pede à mãe que tenha cuidado, pois, com tanta visita, alguém pode desconfiar. Matilde olha para a filha e confessa que, se pudesse, ficava com a dor dela, mas que nada tema, pois juntas conseguem tudo.

Verônica diz a Félix que eles precisam encontrar Nazaré rapidamente. Félix avisa que já pôs uma pessoa a segui-la e que, em breve, devem encontrá-la, pois não deve ter ido longe.

Nazaré toma banho quando, de repente, ouve passos lá fora. Aflita, liga ao pai e pergunta o que deve fazer.

Joaquim, em desespero, diz a Nazaré que bloqueie a entrada e saia correndo. Nazaré se esconde e aguarda para ver se consegue ver quem é.

Emociona-se quando percebe que é Duarte e tenta se controlar para não se revelar. Duarte encontra apenas uma roupa de Nazaré, mas fica com a ideia de que ela não está mais ali.

Nazaré liga para Joaquim e diz que pode vir com calma, pois era Duarte. Ismael está chateado com Cláudia por causa do jantar no Barbatanas.

Verônica vai visitar Heitor na prisão e ele pede que o tire dali. Verônica explica que não é assim tão fácil, mas Heitor diz que pode ajudá-la, que tem o vídeo de Félix assassinando Antônio e conta ainda que Félix pediu que ele a matasse.

Sexta-Feira, 17 de Setembro

Capítulo 89: Duarte vai ao encontro de Matilde e diz que já descobriu onde Nazaré está ou esteve escondida e que esteve lá no barracão. Matilde pede a Duarte que deixe a filha em paz para dar tempo para fazer justiça.

Na recepção do hotel, Joaquim entrega a Laura a lista de nomes com quem já trabalhou na organização da falsificação dos quadros. Em desespero, Joaquim pede a Laura que deixe Nazaré em paz, pois ela é inocente.

Na cozinha do Hotel, Pipo, Ana e Carol preparam o almoço enquanto Ana acalma Carol e diz que vai resolver a questão de ANON sem ter que incomodar ninguém. De repente, sem que ninguém espere, Heitor aparece e diz que vai ficar aguardando o julgamento em liberdade e pede aos filhos que acreditem nele e que tudo não passou de um acidente.

No gabinete da presidência da Atlântida, Verônica, triunfante, mostra a Félix as imagens da morte de Antônio e diz que ou passa a empresa para o nome dela ou irá espalhar as imagens. Félix olha Verônica e diz que não fará o que ela quer e, caso ela divulgue as imagens, conta tudo.

Ela responde que, mesmo que ambos sejam presos, ele ficará sempre pior que ela. Na cozinha do Hotel, Heitor quer levar os filhos, mas Pipo enfrenta o pai e defende a irmã, dizendo que ninguém vai com ele para lugar nenhum e ordena que ele desapareça.

Nazaré liga para Matilde aflita, pois está sentindo dores na barriga e tem medo que o filho não esteja bem. Joaquim, Dolores e Matilde acham que ela deveria ir ao hospital.

Nazaré diz que vai, pois o filho está acima de qualquer coisa e tem de saber o que se passa. Nazaré liga para Duarte e diz que está com dores.

No quarto do hospital, Nazaré tenta tranquilizar Duarte, dizendo que está tudo bem com o bebê e que só precisa de repouso. Nazaré olha para Duarte séria e pergunta se foi ele quem a denunciou.

Ele diz que adorava ter essa coragem, mas que, infelizmente, eles são pessoas muito diferentes. Ana está na recepção quando Glória chega e começa a fazer conversa para a distrair.

Como não consegue, acaba por pedir a Ana para buscar um copo de água. Na ausência de Ana, Glória faz sinal a Matias e Toni para subirem até ao quarto da hóspede que pretendem assaltar.

Laura vai até à Atlântida e esbofeteia Verônica, pois já percebeu que é ela quem está ajudando Heitor a se safar dos seus crimes. Verônica fica possessa e, depois de Laura sair, se fera com um garfo de propósito.

Quando se depara com Gonçalo, se faz de sonsa e diz que foi Laura que a agrediu e a deixou naquele estado. Ela avisa a Gonçalo que vai fazer queixa dela.

Gonçalo não acredita em nada do que Verônica diz. Na Atlântida, todos os funcionários recebem, ao mesmo tempo, um frame do vídeo da morte de Antônio.

Verônica olha Félix e avisa que aquilo foi apenas um exemplo daquilo que é capaz de fazer.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo