Resumo da novela O Que A Vida Me Roubou – 13/07 a 17/07

Confira o resumo dos próximos capítulos da novela O Que A Vida Me Roubou (de 13 de julho a 17 de julho), exibida pelo SBT, e fique por dentro dos principais acontecimentos desta semana.

Segunda-Feira, 13 de Julho

Capítulo 61: José Luís diz a Renato e Demétrio que o capitão Robledo o afastará da marinha. Renato responde que isso é injusto.

José diz que cometeu um delito e terá que pagá-lo. Pedro, furioso, diz a Nádia e Victor que foi muito tolerante com eles, mas as coisas podem mudar.

Rosário diz a Alessandro que Montserrat foi falar com o capitão Robledo, para que o ajude em seu caso e na investigação. Montserrat pede ao capitão Robledo que investigue Pedro Medina, pois Joaquim deixou um bilhete, posteriormente roubado por Maria, que o comprometia.

Ezequiel se enfurece, mas disfarça quando Pedro lhe diz que Adolfo ocupará a prefeitura municipal quando ele se tornar governador. Ezequiel, furioso, adverte Adolfo que jamais será prefeito, pois esse cargo corresponde a ele.

Sandro entrega a Pedro o testamento de Benjamin Almonte que Fabíola roubou. José Luís diz a Alessandro que está fora da investigação e também da marinha.

O capitão Robledo diz a Pedro que José Luís cometeu um delito muito grave e Alessandro ficará em liberdade. Pedro, furioso, lhe diz que não pode fazer isso.

O capitão diz que é claro que pode, pois sua palavra tem muito mais poder que a dele.

Terça-Feira, 14 de Julho

Capítulo 62: Alessandro diz ao advogado Cervera que José Luís se culpou de ter queimado o dinheiro de Samuel, e por isso irá para a prisão. Rosário pede ao padre que não se preocupe pelo bilhete, pois Alessandro não lhe guarda rancor pelo ocorrido, já que não foi sua culpa.

O padre responde que é sim sua culpa, pois foi ingênuo em se deixar manipular por Maria. Alessandro diz ao advogado que acredita que Sandro e Fabíola passaram informações para Pedro Medina.

O advogado responde que faz bem em não confiar neles, pois Fabíola é uma mulher muito problemática. José Luís diz a Angélica que tem permissão para passar uns dias com ela.

Ela responde que ele a ajudará a preparar a surpresa para Angélica e Renato, que se casarão no próximo sábado. Graziela diz a Adolfo que o irmão de Josefina tirou lhe todo o dinheiro.

Adolfo responde que não lhe interessa o dinheiro de Josefina. Ezequiel diz a Graziela que vai se casar com Carlota e espera que ela não se ofenda, mas deseja fazer cargo de sua família.

Graziela, cínica, aceita um cheque que ele a dá. Alessandro fica em liberdade e é recebido por Rosário e Montserrat.

Pedro diz a Sandro e Fabíola que Alessandro ficou em liberdade e entrega um testamento falso de Benjamin Almonte, para usá-lo na ocasião propícia. Esmeralda se surpreende quando Amélia e Angélica dizem que ela assistirá um evento muito importante, por isso a deixarão muito linda.

Amélia lhe mostra um vestido de noiva e diz que é para que ela use, pois neste mesmo dia se casará com Renato. Esmeralda, com os olhos cheios de lagrimas, as agradece por tudo que estão fazendo por ela.

Quarta-Feira, 15 de Julho

Capítulo 63: Angélica e José Luís planejam o casamento de Esmeralda e Renato em um lindo jardim. Demétrio chega a sua casa para avisar Josefina que ela precisará o acompanhar ao casamento de Renato, Josefina o pede tempo para se arrumar, Demétrio responde que voltará para pega-la mais tarde.

Graziela pergunta a Josefina onde está o vestido que ela lhe deu para passar. Josefina responde que não deu tempo de fazê-lo, pois tem pressa, já que sairá com Demétrio para um casamento importante.

Graziela a ofende e diz que na festa, ela apenas envergonhará seu filho. Carlota convence Josefina a ir ao casamento e ela começa a se arrumar.

Sandro e Graziela estão em um restaurante conversando sobre Josefina e Demétrio. Sandro comenta que os “Mendonça” estão a um passo da falência, por esse motivo que eles casaram Demétrio com Josefina.

Graziela nega o fato, zangada. Ofendem Esmeralda em plena cerimônia e Renato se enfurece.

Alessandro e Montserrat falam sobre o quanto Angélica e José Luís são felizes, ao vê-los aos beijos. Montserrat, triste, diz que a dói muito que Angélica desconheça que expulsaram José da marinha por um grave delito.

Quinta-Feira, 16 de Julho

Capítulo 64: Amélia se aproxima de sua filha, pois a percebeu muito cansada, e diz que pedirá a José que a leve de volta para casa. Montserrat se aproxima para saudar Angélica e pede que ela vá vê-la no dia seguinte, pois tem algo que precisa lhe falar.

Josefina chega ao jardim onde se celebra o casamento de Renato e Esmeralda. Ao entrar ele se encontra com Alessandro e Fabíola e lhes pergunta se viram Demétrio.

Fabíola mostra a direção em que ele foi. Josefina encontra seu marido aos beijos com Virginia.

Demétrio percebe a esposa e tenta a explicar a situação. Josefina lhe diz que jamais o perdoará por essa traição.

José Luís e Angélica chegam a casa e ela comenta que está muito triste por não ter podido dançar com ele, que seu corpo já não responde muito bem e apenas deseja arrumar todas as coisas antes de sua partida. Alessandro e Montserrat falam do que Demétrio fez a Josefina e esperam que Josefina o entenda, pois talvez tenha sido Virginia que tenha o beijado de surpresa.

Amanhece e Josefina vai ver Graziela, que aproveita para descobrir o que ocorreu entre Josefina e seu filho.

Sexta-Feira, 17 de Julho

Capítulo 65: Montserrat chega para visitar Angélica, mas José Luís diz que Angélica está dormindo e, zangado, diz que ela deveria parar de arrumar pretextos para vê-lo. Ela diz que está ali unicamente para falar com Angélica, que desejava conversar com urgência.

Montserrat sai zangada e pede que José Luís diga a Angélica que, se realmente deseja falar com ela, será muito bem vinda em sua casa. Fabíola chega de visita à casa de Angélica e elas conversam.

Ao final, Angélica pede a Fabíola que, em nome da grande amizade que as une, esteja do lado de José quando ela morrer. Adolfo vai buscar Josefina na residência Mendonça e a dá uma flor.

Josefina, então, descobre quem por muito tempo lhe dava diariamente uma flor, anonimamente. Alessandro descobre que seu administrador acaba de morrer em um terrível acidente e pede a Montserrat que o acompanhe a fim de dar as condolências à família do falecido.

Pedro Medina manda Ezequiel buscar o padre para lhe perguntar sobre o bilhete que Joaquim deixou. Prudência, madrinha de Angélica, chega perguntando pela saúde da afilhada e dizem que o médico lhe deu apenas uns dias mais.

Angélica diz a sua madrinha que comprou o bar “A Escondida”, onde Esmeralda dançava. Amélia diz que essa foi uma grande loucura.

Angélica ri e diz que dançou lá em uma ocasião.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo