Home / Notícias / TV, novelas e celebridades / Resumo da novela Os Dez Mandamentos – 05/02 a 09/02

Resumo da novela Os Dez Mandamentos – 05/02 a 09/02

Confira o resumo dos próximos capítulos da novela Os Dez Mandamentos (de 05 de fevereiro a 09 de fevereiro), exibida pela Record, e fique por dentro dos principais acontecimentos desta semana.

Segunda-Feira, 05/02/2018 – Capítulo 140




Os hebreus ficam desolados ao verem que a água da fonte foi contaminada por sangue.

Datã e Abirão cobram uma atitude de Moisés, que diz não ter recebido um novo chamado de Deus. Ramsés reage exultante ao saber que Janes e Jambres conseguiram transformar a água dos escravos em sangue.

O faraó ordena que os magos transformem o sangue em água, deixando-os tensos. Sentindo-se fraco, Amenhotep quase desmaia devido à sede.

Abigail e Zelofeade ficam comovidos com a tristeza de Bak pela morte de Karen. Ramsés se irrita com a demora de Janes e Jambres em fazer a mudança com o sangue.

Os magos pedem que o faraó tenha calma e saem apressados para o templo. Amenhotep desmaia no trono e recebe os cuidados de Paser.

Ramsés e Nefertari ficam muito preocupados com filho. Nadabe diz que Corá terá que pagar por tudo que fez contra Safira.

Joquebede explica a situação de Safira para Moisés, que se prontifica a ajudá-la. Safira chora, responsabilizando-se pelo fim trágico de Karen, e é consolada por Miriã.

Bezalel acredita que Bak merece saber que é filho de Meketre. Aflita por Amenhotep está debilitado, Nefertari culpa Moisés pela falta de água.

Moisés pede que Oseias vá até o alojamento e peça que Datã o encontre na casa de Corá. Joquebede encoraja Safira a não ter medo de reencontrar Corá, Bina e Datã.

Simut bebe vinho além da conta e irrita Paser. Karoma se desespera ao ver Pepy desmaiado devido à fraqueza.

Leila sugere que Hur e Henutmire a acompanhem até a vila para que consigam beber água limpa. Bina e Corá se surpreendem com a presença de Moisés e Arão.

Oseias chega depois, acompanhado de Datã, seguido de Joquebede com Safira. Apuki, Ana e Judite se afligem pela falta de água.

Safira revela que foi agarrada por Corá à força. Corá tenta amenizar a acusação e Joquebede pede que Bina assuma a verdade na frente de todos.

Datã descobre que Safira não teve culpa de nada e ameaça matar Corá. Ao visitar Abigail, Leila desmaia e deixa Bezalel desesperado.

Miriã fica surpresa ao receber Hur e Henutmire, sedentos por água. Moisés diz para Datã se conter, mas ele conta que Corá precisa ser castigado.

Safira explica que apenas dançou na Casa de Senet e nunca se deitou com o cunhado. Chateado consigo mesmo, Datã se acalma e pede desculpas por ter condenado a esposa.

Moisés concorda que Corá deve ser punido e Datã decide expulsá-lo de casa. Safira deixa Bina aliviada ao dizer que ela e os filhos podem permanecer.

Emocionados, Datã e Safira abraçam-se aliviados com o fim do mal entendido. com ódio, Corá promete se vingar de Moisés.

Bezalel e Abigail sugerem que Leila se mude para a vila, mas ela diz que não pode abandonar Uri. Moisés fica feliz ao encontrar Henutmire, porém se preocupa ao vê-la sofrendo pela seca no palácio.

Bezalel deixa Meketre chocado ao contar que Karen está morta. Hur critica a teimosia de Uri, que prefere ficar com sede a ir beber água na vila.

Yunet cai desmaiada e é socorrida por Corá. Moisés procura Ramsés para lembrar que o egípcios estão sofrendo por conta da seca e insiste para que o faraó autorize a partida dos hebreus.

Terça-Feira, 06/02/2018 – Capítulo 141

Ramsés sente-se mal e é amparado por Moisés. O faraó tem um ataque de raiva e expulsa o hebreu do palácio. Em conversa com Bezalel, Meketre assume que desconfia da paternidade de Bak.

Eles são interrompidos por Tais. Ela chega cambaleando e diz que os filhos estão passando mal.

Antes de terminar de falar, a esposa de Meketre desmaia. Abigail tenta cuidar de Bak, mas o menino se recusa a se alimentar.

Ela diz para Deborah e Zelofeade que eles precisam dizer a verdade ao filho de Karen. Paser reza para os deuses ajudarem o Egito.

Datã pede perdão à Safira, mas a moça diz que a ferida ainda não cicatrizou. Corá ajuda Yunet a se recuperar.

Joquebede aconselha Miriã a perdoar Hur. Oseias, Arão e Calebe se mostram confiantes em Deus.

A família de Meketre é salva por Zelofeade, Abigail e os outros hebreus. Um servo da rainha passa mal enquanto a abana.

Indiferente, Nefertari ordena que Radina o retire dali. Datã não permite que Abirão vá morar com ele.

Bak salva a vida da gata Mekal. Hori o convida para brincar em sua casa.

Sem graça, Meketre desconversa. Zelofeade e Abigail ficam felizes ao notarem que Bak está reagindo.

Leila diz acreditar que Moisés seja o salvador. Moisés chega e fala sobre o encontro com o faraó.

Quatro dias se passam e Arão e Eliseba se preocupam com a reserva de água dos hebreus. Os egípcios sofrem com a falta de água.

Radina acode uma das viúvas de Seti que acaba de desmaiar no palácio. Karoma e Ikeni pedem para Paser e Simut salvarem Pepy.

Bakenmut também passa mal. Gahiji pede para Chibale aguentar firme.

Simut também não aguenta a fraqueza e desmaia. Janes e Jambres aconselham Ramsés a deixar os hebreus partirem, mas o faraó se recusa.

Meketre e Tais sofrem com a praga. Enquanto Apuki e Jairo vomitam, Ana desmaia.

Judite fica horrorizada. Safira chora desesperada e abraça Datã.

Uri diz achar que está morrendo. Moisés pede a Deus e toda a água Nilo volta a ficar limpa.

Os hebreus vibram ao notarem a pureza da água na fonte dos escravos. Os egípcios matam a sede no palácio.

Ramsés diz que os magos fizeram um excelente trabalho. Paser revela que Janes e Jambres também ficaram surpresos com a transformação da água.

Bakenmut chega e diz que o rei precisa acompanha-lo. O oficial avisa que Moisés está no palácio.

Janes e Jambres analisam os papiros de Paser. O sacerdote aconselha que o faraó receba Moisés.

Apuki recrimina Ana ao ouvi-la falando do Deus dos hebreus. Oseias pede para Nadabe manter a fé.

Arão alerta que o sofrimento dos egípcios só está começando. Karoma teme que o Deus dos escravos envie outra praga.

Uri bebe água e volta a se recuperar. Paser alerta Nefertari sobre o que ainda está por vir.

Gahiji se preocupa com a nova visita de Moisés ao palácio. Paser e os magos tentam curar o soluço de Simut.

Corá e Yunet tentam armar algum plano para descobrirem a origem da força de Moisés. Ramsés se recusa a atender ao pedido de Deus e Moisés o ameaça, dizendo que algo muito pior está por vir.

Quarta-Feira, 07/02/2018 – Capítulo 142

Moisés questiona se Ramsés não quer mesmo saber o que está por vir. Safira recebe a visita de Joquebede e Miriã. Tais e Meketre comemoram a volta da água limpa.

Deborah, Zelofeade e Abigail ficam admirados ao verem a joia que Bezalel criou por encomenda de Meketre. Apaixonado, Oseias afirma para Calebe que ainda conseguirá viver ao lado de Ana.

Judite percebe que Ana não para de pensar em Oseias e assume que gostaria de vê-la feliz. Irritado, Ramsés se nega a contar para Nefertari detalhes da conversa com Moisés.

Leila atende ao pedido de Moisés e o leva ao quarto de Henutmire. Emocionado, Bak diz para Bezalel que adoraria ter passado mais tempo com Karen e revela a vontade de conhecer o pai.

Gahiji sugere que Uri procure Bezalel e faça as pazes com o filho. Henutmire fica espantada ao saber que a missão de Moisés não é somente levar o povo hebreu para prestar culto no deserto, mas também libertar todos da escravidão.

Nefertari confessa para Karoma que ficou curiosa para saber o assunto do encontro entre Moisés e Ramsés. Moisés revela para Henutmire que a promessa de Deus é levar os hebreus para a terra prometida e Ramsés não conseguirá vencer o poder divino.

Uri agradece Leila ter salvado a vida dele e beija a esposa apaixonadamente. A sós, Bezalel não resiste e dá um beijo em Deborah.

Zelofeade ora para que Deus conceda a graça de ter um filho com Abigail, deixando-a emocionada. Nefertari encontra Moisés no corredor do palácio e pede para conversar.

Deborah recrimina a atitude de Bezalel, quando Zelofeade e Abigail chegam, notando um clima estranho entre eles. Deborah vai para o quarto e Abigail questiona Bezalel sobre o que realmente aconteceu.

Moisés explica para Nefertari que, caso Ramsés continue sendo intransigente, o Egito sofrerá e não há nada que se possa fazer para impedir. Pensativa, Nefertari chora de ódio ao lembrar-se dos momentos com Moisés.

Tais reclama ao ver Meketre saindo, mas ele avisa que vai buscar a joia para presenteá-la. Ao perceber que o amor entre Bezalel e Deborah é sincero, Abigail incentiva o sobrinho a pedi-la em noivado.

Corá sonha que está na Casa de Senet assistindo uma apresentação de Yunet. Ahmós fica temeroso ao receber Meketre para conversarem sobre Karen.

Datã acaricia Safira e nem desconfia que Bina observa o casal com inveja. Desconfortável, Safira pede que o marido tenha paciência, pois não se sente pronta para se entregar.

Ahmós finge estar penalizado pela morte de Karen e consegue convencer Meketre, que fica chateado com a notícia. Moisés conta para a família que Ramsés insiste em proibir os hebreus de partirem e diz que Deus terá que intervir.

Satisfeitos com a volta da água limpa, Apuki e Jairo saem animados para a obra. Judite pede que Ana não comente com ninguém sobre a libertação do povo hebreu.

Arão avisa que os filhos não precisarão ir para o trabalho e sai com Moisés. Com ajuda de Janes e Jambres, Ramsés faz orações especiais e oferendas aos deuses.

Moisés e Arão aproximam-se das margens do Nilo. Arão estende o cajado sobre o rio e percebe uma movimentação nas águas.

Rãs começam a saltar da água e os irmãos ficam impressionados com o poder de Deus.

Quinta-Feira, 08/02/2018 – Capítulo 143

Milhares de rãs tomam as margens do rio Nilo. Bezalel conversa com Zelofeade e pede a mão de Deborah em casamento. O marido de Abigail aceita o pedido.

Meketre se recorda de alguns momentos com Karen. Ele é acordado por Tais, que quer saber da joia.

Meketre diz que não conseguiu se encontrar com Bezalel. Aoliabe percebe o clima entre Bezalel e Deborah.

Moisés avisa Joquebede que a segunda praga já começou. Centenas de rãs começam a invadir o palácio.

Nefertari acorda e se desespera ao se deparar com tantas rãs. Paser avisa o faraó sobre a invasão dos anfíbios.

Gahiji também alertado por Chibale. Henutmire e Hur se assustam ao ouvirem ruídos de rãs batendo contra a porta.

Moisés conta para os seus familiares sobre o encontro com Deus. Arão comenta com os filhos sobre a segunda praga.

As rãs invadem a casa de Meketre. Ramsés fica furioso ao perceber que Janes e Jambres não fizeram os animais desaparecerem.

Paser tenta rezar para a deusa Heket. Gahiji e Chibale tentam limpar a cozinha.

Amenhotep e Pepy se divertem com as rãs no palácio. Na cidade, os egípcios se desesperam com a praga.

Uri e Leila percebem que as rãs só perseguem os egípcios. Meketre tenta falar com Bezalel, mas não o encontra em casa.

Abigail aproveita e diz que precisa conversar sobre Bak. Yunet e Corá constatam que a praga só atinge o povo egípcio.

Aoliabe fica feliz por não ter que trabalhar. Meketre se recusa a falar sobre Bak com Abigail, mas encontra o menino ao tentar deixar a casa de Zelofeade.

Ele fica sem graça e pega a joia com Bezalel. Apuki teme que a invasão das rãs seja outra praga do Deus dos hebreus.

Arão diz para Zelofeade que apenas Deus sabe quando o faraó permitirá a saída dos escravos. Moisés avisa aos familiares que desta vez Ramsés pedirá a sua presença.

De repente eles são surpreendidos com a chegada de Bakenmut. O oficial avisa que o faraó deseja falar com Moisés e Arão.

O Rei diz que permitirá a partida dos escravos. Em troca ele pede para Moisés livrar os egípcios da praga das rãs.

Datã chega mais cedo em casa e presenteia Safira com uma flor. Yunet sugere que Corá se reaproxime de Moisés.

Bezalel pede Deborah em casamento. Miriã e Joquebede se mostram esperançosas com a liberdade do povo hebreu.

Moisés pede para Deus livrar o povo egípcio da invasão das rãs. O Senhor avisa que ainda não acabou e ordena que Moisés volte ao palácio acompanhado de Arão.

Os egípcios ficam aliviados ao verem que as rãs foram embora. Ao notar o fim da praga, Paser pergunta se o faraó deixará os escravos partirem.

Bezalel anuncia o noivado com Deborah. Aoliabe não gosta da notícia e diz que deveria ser consultado antes.

Deborah se entristece com a atitude do irmão. Apuki fica irado com a ausência dos escravos na fabricação de tijolos.

Ramsés se recusa a receber Moisés e Arão novamente. Chateado, o libertador pede para o irmão fazer o que Deus mandou.

Joquebede avisa aos hebreus sobre a promessa do faraó. Paser se preocupa com a quebra de palavra do rei.

Moisés pede para Arão tocar o solo com o cajado. De repente surge uma nuvem de piolhos se deslocando em direção ao palácio.

Sexta-Feira, 09/02/2018 – Capítulo 144

Moisés e Arão ficam preocupados com o sofrimento dos egípcios devido à resistência de Ramsés.

O rei se assusta ao saber por um oficial do surgimento de outra praga. Nefertari e Karoma começam a se coçar por causa da infestação de piolhos.

Paser confirma para Simut a chegada de uma nova praga e o assistente assume que o Deus dos hebreus é mais poderoso do que tudo. Desesperada, Nefertari avisa Ramsés que o palácio está repleto de piolhos, deixando-o com medo.

Chibale nota que a cozinha está cheia de piolhos e Gahiji se espanta. Moisés e Arão revelam para o povo que Deus castigou Ramsés por não cumprir a promessa de ceder após o fim da praga das rãs.

Todos ficam surpresos ao saberem que o pó da terra dos egípcios se transformou em piolhos. Moisés pede que os hebreus sejam pacientes, pois Deus está agindo a favor do povo.

Datã encara Corá ao avistá-lo na vila. Depois de quase implorar para Aoliabe, Deborah consegue ter a aprovação do irmão no noivado com Bezalel.

Bak questiona Abigail se existe algum modo de descobrir a identidade do pai. Firme, Corá cobra o direito de ver os filhos e Datã assente, contendo a raiva.

Furioso, Ramsés ordena que Janes e Jambres deem fim a nova praga, deixando-os tensos. Radina, Karoma e as mulheres do harém se coçam enlouquecidas com os piolhos.

Henutmire diz que só Ramsés pode dar fim a praga. A princesa percebe que Hur e Leila não se coçam.

Janes, Jambres, Paser e Simut explicam que não podem deter a praga, deixando Ramsés inconformado. Judite e Ana estranham ao verem Tais, Meketre, Hori e Meryt se coçando.

Apuki nota que está com piolhos e confessa para Jairo que o medo é maior que a raiva. Safira avisa Datã que precisa dar uma saída e causa desconfiança no marido.

Eleazar, Itamar, Nadabe e Abiú comemoram a folga na obra. Bina conta que morar com Safira é uma humilhação e cobra uma atitude de Corá, ameaçando-o.

Arão diz para Oseias que não consegue entender como ele foi se apaixonar justo pela filha de Apuki. Moisés lembra saudoso da convivência com a família de Jetro.

Aoliabe se desculpa com Bezalel na frente de todos e o aceita como cunhado. Abigail fica surpresa ao receber a visita de Safira, que procura por Bak.

Os filhos de Arão observam com atenção o pai contar sobre como a nova praga se manifestou. Judite pede que Joquebede e Miriã a ajudem com unguentos para curar a ferida dos egípcios.

Oseias se surpreende ao reencontrar Ana. Paser e Simut distribuem líquidos e repelentes aos moradores do palácio para aliviarem a coceira provocada pelos piolhos.

Safira diz para Bak que o plano de Karen era viver com ele e o menino aproveita para questionar se a mãe chegou a falar sobre o pai dele. Zelofeade, Aoliabe e Bezalel convencem Abigail a contar para Bak que ele é filho de Meketre.

Moisés encontra um véu de Zípora e lembra do nascimento do primeiro filho do casal, condoendo-se de saudade da família. Ramsés pede que Janes e Jambres sumam ao perceber que as orações aos deuses não estão conseguindo dar fim aos piolhos.

Corá avista um camponês carregando um cajado e avisa Yunet que o poder de Moisés vem do objeto, deixando-a surpresa.

Confira também

Resumo da novela Segundo Sol – 29/10 a 03/11

Confira o resumo dos próximos capítulos da novela Segundo Sol (de 29 de outubro a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *