Resumo da novela Pecado Mortal – 12/02 a 16/02

Guia Muriaé no WhatsApp

Confira o resumo dos próximos capítulos da novela Pecado Mortal (de 12 a 16 de fevereiro), exibida pela TV Record, e fique por dentro dos principais acontecimentos desta semana.

Capítulo 30 – Segunda-feira, 12 de fevereiro

Donana e Stella discutem. Patrícia consegue fugir da fazendinha com a ajuda de Stella. Otávio e Michele pensam em pagar o resgate sem que Carlão saiba. Carlão tenta manter a calma ao ser flagrado por Picasso com sua mulher. Picasso e Carlão brigam. Carlão humilha Picasso após a briga. Preocupada, Laura procura por Anjo e o ajuda a se recuperar dos hematomas. Carlão e Ramiro conversam sobre Picasso. Mineral ordena que Djalma solte Baldochi.

Pedro e Paulo continuam animados com o plano de enrolar Michele. Donana diz a Carlão que Patrícia fugiu novamente. Picasso diz a Donana que Carlão está desconfiando da situação. Ramiro e Baldochi conversam. Pedro e Paulo roubam uma moto. Michele e Otávio se preparam para o resgate. Juliano segue ordens de seu pai e tranca Carlão no quarto. Dorotéia diz a Danilo que pode ter achado o sequestrador dos filhos de Carlão. Carlão continua trancado e faz força para tentar sair do quarto.

Otávio e Michele esquematizam o plano para a negociação. Picasso e Van Gogh conversam sobre a desconfiança de Das Dores. Paulo e Pedro colocam novamente o plano em ação. Eles pretendem pegar dinheiro de Michele fingindo que são os verdadeiros sequestradores. Lívia chega em casa. Ramiro diz a Juliano que Pedro e Paulo não sequestraram as crianças e que Michele está prestes a cair em um golpe. Carlão consegue arrombar a porta e sair do quarto, mas é surpreendido por Lívia. Van Gogh e Monet observam de longe os passos de Michele e Otávio.

Silvinha aceita ir ao cinema com Romeu. Pedro, pilotando uma moto, consegue pegar a maleta com o dinheiro de Michele e tenta fugir. Carlão e Lívia conversam quando Patrícia chega. Picasso diz a Patrícia que Carlão quase matou Veludo. Monet prende Ramiro ao achar que ele é cúmplice de Pedro e Paulo. Michele chora após ter sido enganado e é amparado por Otávio. Patrícia diz a Laura que pretende sair da vida de Carlão. Starsky passa novas informações sobre o sequestro para Carlão.

Capítulo 31 – Terça-feira, 13 de fevereiro

Patrícia desabafa com Laura e fica com medo após saber que Carlão quase matou Veludo. Carlão conversa com Starsky e tenta descobrir uma maneira de pegar os sequestradores. Van Gogh e Monet gozam de Picasso, que se machucou após briga com Carlão. Michele vai até a delegacia atrás de Carlão. Ele acha que Carlão foi pego por Picasso novamente. Ramiro pede ajuda a Michele para sair da prisão. Laura tenta acalmar Patrícia. Livia e Donana conversam. Carlão e Starsky armam o plano de resgate. Stella e Norma conversam sobre Donana. Pedro e Paulo comemoram o sucesso no golpe contra Michele. Juliano procura Patrícia e diz que Carlão e Starsky descobriram novas pistas.

Patrícia, Carlão e Starsky vão atrás dos sequestradores. Donana e Picasso ficam preocupados ao saber que Carlão descobriu onde as crianças estão. Picasso vai atrás de Carlão. Doroteia e Danilo conversam sobre o sequestro. Das Dores flagra Pedro e Paulo na farra. Starsky sofre acidente e preocupa Carlão e Patrícia. Ramiro avisa a Pedro e Paulo que os capangas de Michele estão procurando pelos dois.

Ilana e Leila conversam sobre os Vêneto. Carlão e Patrícia conseguem entrar no cativeiro e reencontram seus filhos. Carlão é baleado. Picasso e Carlão atiram nos sequestradores. Michele e Otávio tentam salvar Carlão. Carlão é levado para o hospital e passa por uma cirurgia. Caravaggio flagra Monet mexendo no dinheiro do roubado. Das Dores expulsa Pedro e Paulo de sua casa. Carlão sofre uma parada cardíaca no meio da cirurgia.

Capítulo 32 – Quarta-feira, 14 de fevereiro

Um médico tenta ressuscitar Carlão. Os batimentos cardíacos voltam. Michele está confiante e tenta animar Juliano. Michele diz que deseja remover Carlão do hospital, mas Livia não permite. Picasso diz para Van que não seria capaz de levar um tiro por alguém. Caravaggio acusa Monet de estar roubando o dinheiro. Caravaggio e Monet discutem e ambos sacam as armas. Van Gogh chega puxando Caravaggio e se põe entre eles. Michele culpa Starsky por Carlão ter sido atingido por tiro. Donana fica atenta à conversa de Michele e Starsky. Michele cobra de Starsky o nome do mandante do sequestro de seus netos. Otávio fica irritado com Picasso e o empurra, pedindo que ele saia do hospital. Picasso tenta se explicar e leva um soco de Otávio. Picasso e Otávio começam uma briga. Michele e Vegetal sacam suas armas e apontam para a cabeça de Picasso. Picasso desiste da briga e vai embora. Patrícia vai para quarto dos filhos e os pede para que ajudem a arrumar as malas. Picasso conta para Donana que matou os sequestradores.

Picasso diz que as crianças escutaram a voz de Donana em cativeiro. Rodolfo fica triste por ter que deixar o pai em hospital. Picasso toca a campainha e Patrícia atende, surpresa. Patrícia diz que Carlão levou o tiro para salvá-la. Patrícia acusa Picasso de ter sequestrado seus filhos. Laura diz que Carlão precisa de doadores de sangue. Stella e Otávio se oferecem para doar sangue para Carlão. A cirurgia termina e todos comemoram. Laura diz que Carlão ainda corre riscos por ter perdido muito sangue. Patrícia e os filhos deixam o apartamento. Picasso diz para Danilo que os Vêneto são os responsáveis pelo assalto ao navio.

Picasso sugere que Danilo mate Carlão. Danilo deixa a sala, tentado. Donana coloca um comprimido em copo de uísque discretamente e entrega para Michele. Patrícia decide voltar para Carlão. Dorotéia dá um beijo delicado em Carlão. Picasso, Monet e Caravaggio falam sobre o plano de matar Carlão. Picasso diz que foi apenas um truque para desviar a atenção de Danilo. Omar diz para Danilo que vai mandar Veludo matar Carlão. Patrícia encontra Dorotéia dentro do quarto e pergunta sobre estado do marido. Stella percebe que Carlão não está bem e sai à procura da enfermeira. Dorotéia estranha a falta de seguranças e desconfia de um ataque contra Carlão.

Capítulo 33 – Quinta-feira, 15 de fevereiro

Vegetal conversa com Otávio e estranha o hospital vazio. Stella, Dorotéia e Patrícia continuam vigiando o quarto de Carlão. Vegetal é atacado por Veludo e desmaia. Veludo golpeia Otávio e o tranca. Laura conta boatos sobre guerra entre bicheiros para Patrícia. Patrícia e Dorotéia discutem com ciúmes de Carlão. Anjo e Laura entram no quarto e interrompem a discussão. Dorotéia liga para Danilo. Ele suplica para que Dorotéia saia do hospital imediatamente.

As luzes do hospital se apagam por completo. Dorotéia não deixa o hospital. Picasso liga para Danilo perguntando do ataque. Danilo ordena que Picasso fique fora. Picasso desliga o telefone, desesperado. Ele manda Monet e Caravaggio direto para o hospital. Dorotéia atira em Veludo, mas erra. Dorotéia pede uma cadeira de rodas para tirar Carlão do hospital. Dorotéia recarrega revólver e dá outro para Patrícia. Picasso entra encapuzado no hospital.

Veludo usa forro do teto para chegar até Carlão. Dorotéia escuta um ruído vindo do teto do quarto e fica atenta. Anjo consegue libertar Otávio. Otávio pergunta pelo irmão. Anjo e Otávio procuram por armas. Vegetal levanta com dificuldade e saca arma. Dorotéia escuta ruído e começa a atirarVeludo não é atingido e tenta fugir rapidamente. Dorotéia continua a atirar. Patrícia ouve passos e prepara a arma. Picasso entra no quarto e Patrícia o acerta no abdômen. Picasso atira, mas erra. Dorotéia discute com Danilo, aborrecida por conta do que ocorreu no hospital. Danilo diz que foi o tio quem mandou Picasso matar Carlão. Van lava uma faca com gim e retira bala de Picasso. Otávio, Lívia, Michele e Getúlio conversam sobre o ocorrido no hospital. Michele planeja se vingar de Danilo. Michele diz para Catarina que está dando um negócio para ela e Otávio cuidarem. Laerte ameaça pedir renúncia de cargo de Patrícia se ela continuar a insistir na história de Picasso e Carlão. Laura e Anjo dormem juntos. Anjo diz que poderia se separar de Bruna e que está apaixonado por Laura. Laura se assusta quando Anjo pergunta sobre o marido dela. Van diz para Picasso que a Corregedora o convocou.

Dorotéia mostra gravação para Danilo de conversa entre ele e Lili. Danilo fica nervoso e pergunta se Dorotéia está fazendo chantagem. Dorotéia ameaça Danilo dizendo que ele sairá da cada dos Ashcar, vivo ou morto. Stella fica sabendo que Carlão será submetido a uma nova cirurgia. Ele pode ficar com sequelas.

Capítulo 34 – Sexta-feira, 16 de fevereiro

O Médico diz para Stella que Carlão poderá ficar com sequelas. Patrícia fica irritada com Tônia por ter deixado seus filhos com Michele. Patrícia acusa Tônia de ser cúmplice do sequestro, saca arma e dá ordem de prisão. Dorotéia liga o gravador e mostra trecho de gravação para Danilo e Omar. Omar escuta gravação da conversa entre Danilo e Lili, mas não reconhece a voz da mulher. Danilo fica desesperado com a ameaça de Dorotéia. Dorotéia diz para Danilo que quer afastar Patrícia de Carlão. Anjo diz para Laura que deseja morar com ela. Laura desconversa, mas reflete sobre possibilidade de viver com ele. Picasso se recusa a tirar camisa para Das Dores e ela ameaça investigá-lo. Picasso diz decidido para Van que não deixará que Das Dores descubra o que aconteceu. Stella conta para Michele que Carlão poderá ficar com sequelas. Patrícia diz para Laerte que não vai processar Carlão. Laerte encontra Picasso e diz que Patrícia vai processá-lo. Monet recebe ligação da Corregedora e diz para Picasso que ele foi suspenso.

Picasso e Laerte discutem e iniciam uma briga. Patrícia pergunta para Michele sobre estado de saúde de Carlão. Michele chora e diz que Carlão pode não se recuperar totalmente. Donana vai até hospital e encontra Stella. Donana provoca Stella e diz para Laura que quer levar o filho para casa. Stella fica abalada com a decisão de Donana e as duas brigam. Laura intervém e separa a briga. Michele deixa Patrícia levar seus filhos. Tônia é solta da prisão e Joana espera por ela. Tônia diz para a mãe que estava fazendo um favor para Otávio e Michele.

Joana reprova atitude de Tônia. Picasso discute com Monet, Van e Caravaggio por ter sido suspenso. Inconformado, Picasso pega uma arma da gaveta da delegacia e sai. Lili entra em táxi e não vê que Mineral é quem está dirigindo. Stella conta para Laura que Carlão é seu filho. Drogado, Picasso vai com uma arma até o apartamento de Patrícia e a ameaça de morte. Vegetal entra no apartamento de Patrícia, aponta a arma para Picasso e o leva embora. Mineral leva Lili até Otávio. Otávio ameaça violentar Lili como forma de atingir Omar. Dorotéia alerta Danilo e Omar de que Otávio pode tentar algo pior. Omar tranquiliza Lili e diz que irá se vingar. Dorotéia encontra Michele e pede que ele não mate Danilo. Caravaggio leva um advogado até hotel onde Picasso está. Caravaggio e advogado abrem a porta do quarto de Picasso. Picasso dispara e acerta o advogado que desaba, morto. Picasso entra em pânico e foge do hotel.

Stella vai até a casa de Patrícia e diz, indignada, que ela deveria estar ao lado do marido. Patrícia vai até hospital e encontra Carlão, ainda inconsciente. Carlão é levado para casa dos Vêneto. Laura encontra cigarro no bolso do filho. Picasso liga para Donana e pede mais dinheiro. Donana nega e Picasso ameaça contar para Michele que ela é mandante do sequestro. Carlão desperta do coma e levanta. Ramiro e Otávio encontram Carlão na cozinha.

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp

Botão Voltar ao topo