5º Grupamento de Policia do Meio Ambiente divulga balanço periodo da Piracema

Piracema

Encerrou-se na quinta-feira (28) mais um periodo da Piracema, onde os peixes nadam contra a correnteza até as cabeceiras dos rios para se reproduzirem. Neste momento que pescadores ilegais aproveitam para pescar com apetrechos proibidos (redes, tarrafas, etc), contudo a Policia Ambiental intensificou seus trabalhos de patrulhamento e operações nas 10 cidades sob responsabilidade do 5º Grupamento de Polícia Meio Ambiente, sendo elas: Muriaé. Antonio Prado de Minas, Eugenópolis, Patrocínio do Muriaé, Barão do Monte Alto, Palma, Laranjal, Rosário da Limeira, Miradouro e Vieiras, no intuito de coibir tal atividade ilegal.

Foram percorridos neste periodo 6.802 Km com patrulhas desembarcadas e patrulhas de pesca embarcadas (barcos a motor), obtendo os seguintes resultados:

  • 3 prisões de cidadãos no cometimento de pesca ilegal;
  • Apreensão de 305 metros de redes utilizadas na pratica de pesca ilegal;
  • Foram 68 registros relacionados ao periodo da Piracema.

Lembrando que a pesca apartir desta sexta-feira (1) esta liberada, contudo com utilização de apetrechos de pesca permitidos como: linha de mão, molinete, caniço, carretilha, anzol e iscas vivas ou artificiais, bem como apresentação da carteirinha de pescador amador ou profissional, para maiores informações sobre a obtenção da carteirinha de pescador, entre no site do IEF:

http://www.ief.mg.gov.br

A carteirinha também pode ser obtida na sede do IEF na Rua Luiz Henrique Carneiro, 168, Gávea. Telefone de contato: (32) 3721-3315.

Fonte: Cabo Madriaga, 5º Grupamento de Polícia Meio Ambiente de Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo