Campanha do desarmamento já recolheu mais de 40 armas em Muriaé neste ano



A campanha do desarmamento foi lançada pelo Governo Federal em 6 de maio de 2011, sem previsão de encerramento, e o 47º Batalhão da Polícia Militar de Muriaé foi indicado como posto de coleta e encontra-se apto a receber o armamento o que já vem ocorrendo.

O cidadão muriaeense, está aderindo a campanha do desarmamento e está entregando sua arma de fogo, consciente da necessidade de diminuir a violência e evitar que uma vida seja retirada com seu emprego, sendo várias armas recolhidas na sede do 47º BPM, na Rua José de Freitas Lima Júnior, nº 47, no bairro Safira.

Desde o início do ano de 2013, foram recolhidas pouco mais de 40 armas de fogo, o que se pretende aumentar este numero com a participação da população de Muriaé e das cidades vizinhas.




É importante alertar ao cidadão que para a entrega de sua arma, é necessário que o mesmo acesse a página http://www.entreguesuaarma.gov.br e gere uma guia de trânsito pois, este documento autorizará o transporte e, somente do local onde a arma se encontra, até o ponto de coleta, devendo ser transportada desmuniciada e embalada separadamente a arma e munição, de forma que não seja possível seu uso imediato, conforme art. 2º, § 4º, da Portaria nº 797/2011-MJ (Ministério da Justiça).

O interessado que não tiver meios de acesso à internet, poderá comparecer às sedes das unidades credenciadas, ou seja, nos postos de coleta, para obter a guia de trânsito e, neste caso, não deverá estar transportando a arma nem munição.

Para a entrega da arma é assegurada a não identificação do proprietário ou possuidor durante o procedimento de entrega e o pagamento da indenização.

O interessado deverá, caso possível, levar o documento de registro da arma de fogo para que se proceda o seu respectivo cancelamento no SINARM.

No ato da entrega, da arma de fogo, acessório ou munição, será expedido um protocolo e um número de senha para o recebimento da indenização, a qual varia entre R$ 150,00 a R$ 450,00, que será pago pela agência do Banco do Brasil, em prazo não inferior a um dia útil, desde que verificada que a arma de fogo não seja artesanal, de fabricação caseira, simulacro ou se enquadre na hipótese do art. 70-H do Decreto 5.123/04.

Em caso de inviabilidade de recebimento da indenização por parte do cidadão que entregar sua arma de fogo, devido ter ocorrido problema relacionado à senha e a entidade bancária, esse deverá fazer contato com o MJ através do telefone (61) 3962-1999, 2025-3135 e 2025-3315 ou via e-mail [email protected]

Os militares encarregados de receberem as armas da campanha são o Sargento Peixoto e Sargento Cristovam, conforme dias e horários abaixo.

De segunda à sexta-feira, nos seguintes horários:

– Segunda-feira: 08h30 às 11h00 e 14h00 às 17h00;
– Terça-feira: 14h00 às 17h00;
– Quarta-feira: 08h30 às 11h30;
– Quinta-feira: 08h30 às 11h00 e 14h00 às 7h00;
– Sexta-feira: 08h30 às 11h00 e 14h00 às 17h00.

Obs.: podendo ser agendado a visita pelo telefone (32) 3696-3278.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Polícia Militar

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.