Casal é preso suspeito de envolvimento em morte de idosa por bala perdida em Muriaé

Neuza Maria da Silva vítima de bala perdida em Muriaé. Foto: Silvan Alves
Em mais uma ação integrada entre as policiais civis de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, agentes da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Muriaé efetuaram a prisão, na manhã desta quinta-feira (24), de um casal suspeito de ter participado da execução de Neuza Maria da Silva, de 76 anos, morta por uma “bala perdida” no Bairro São Vicente, em Muriaé, crime este ocorrido no mês passado.

A idosa se encontrava na varanda de sua residência quando foi atingida por um disparo de arma de fogo, realizado por pessoas envolvidas no tráfico de drogas, que tiveram um desentendimento nas imediações. Socorrida, Neuza já chegou sem vida ao Hospital São Paulo.

Após o crime L.R.O., de 20 anos, e K.S.S., de 38 anos, buscaram refúgio na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, onde passaram a ser monitorados pelos agentes.

A imediata interação dos policiais da 4ª DRPC com os agentes da 133ª Delegacia de Polícia de Rio das Ostras permitiu a localização exata dos suspeitos, que foram capturados numa ação conjunta das duas delegacias nesta data, na residência de parentes.

Numa das residências, os policiais ainda encontraram e capturaram um outro integrante da família, também foragido da Justiça de Minas, L.R.O., de 29 anos.

A ação conjunta integra a operação “Naco Brasil”, desencadeada em nível nacional, para reprimir o tráfico de drogas e crimes conexos, retirando das ruas o maior número possível de drogas e pessoas envolvidas com o narcotráfico.

Nesta sexta-feira (24), às 14h30, terá coletiva de imprensa, para maiores detalhes sobre o caso.

Fonte: PCMG


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo