Operação combate comércio ilegal de couro de animais e tem apreensões em Muriaé, Carangola e Além Paraíba

A Polícia Civil de Minas Gerais participa da “Operação Segunda Pele”, que apura a prática de crimes de organização criminosa, sonegação tributária e lavagem de capitais, praticados no setor de comércio de couro derivado do abate de animais.

No âmbito do 4º Departamento de Polícia Civil em Juiz de Fora, na Zona da Mata, 16 policiais civis da unidade atuam na ação conjunta, que acontece na área das Delegacias Regionais de Polícia Civil em Leopoldina e em Muriaé, unidades policiais que compõem o Departamento. Até o momento, foram apreendidos documentos, dispositivos de armazenamento e computadores. Um suspeito também foi preso.

Segundo o delegado Thiago Luz Goulart da Costa Saraiva, estão sendo cumpridos três mandados de busca e apreensão nas cidades de Muriaé, Carangola e Além Paraíba, um em cada município, em conjunto com a Receita Estadual. “Nos locais, foram apreendidos documentos, dispositivos de armazenamento e computadores”, informou.

Ainda no município de Além Paraíba, conforme informações do delegado Marcos Vignolo, na presença de uma equipe de auditores fiscais, também foi cumprido mandado de prisão em desfavor de um suspeito de 55 anos. “Também foram apreendidos vários documentos pertinentes à investigação, que serão analisados e juntados aos autos”, concluiu.

Fonte: PCMG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo