Polícia Militar apreende duas armas de fogo após disparos na Praça do Trabalhador

Três pessoas foram detidas, na tarde deste domingo (25), após disparos de arma de fogo pela Praça Prefeito Paulo Carvalho (Praça do Trabalhador), na Barra, em Muriaé.

Por volta das 17h, a Polícia Militar recebeu informações sobre disparos de arma de fogo pelo local e que um indivíduo moreno, magro, estatura mediana, trajando camisa verde escura, boné também verde e bermuda clara, teria efetuado os disparos contra um motociclista que passava pelo local, tendo o mesmo evadido sentido à região da Prainha.

De imediato, militares procederam ao local e testemunhas informaram que o autor dos disparos teria entrado pela Rua Zita Vasconcelos. Após rastreamento, ele foi abordado, identificado como J.L.S., 26 anos, e submetido à busca pessoal, contudo nada de ilícito foi encontrado. Os policiais então realizaram uma varredura pelas imediações e encontraram um revólver calibre 38, com quatro cartuchos deflagrados e dois intactos. Indagado sobre o fato, este relatou que há cerca de um mês o alvo dos disparos teria tentado dar um tiro na sua irmã, mas a arma acabou falhando, e nesta data resolveu “acertar as contas” com ele. Diante dos fatos, o rapaz recebeu voz de prisão em flagrante delito.

Durante as diligências pelo local, a PM recebeu informações de que o alvo dos disparos teria entrado na citada rua com uma motocicleta Yamaha YBR, cor preta, com uma arma não. Após buscas, os militares abordaram um Volkswagen Gol, cor verde, e o condutor relatou que estava prestando socorro a um indivíduo que havia sido alvejado por arma de fogo e estaria deslocando para o Hospital São Paulo. Os policiais então escoltaram o carro até o HSP e o socorrido foi identificado como L.M.S., 18 anos. Questionado sobre o fato de estar armado, este negou, contudo demonstrou nervosismo e os PMs iniciaram uma busca no veículo, momento em que uma jovem, de 19 anos, foi flagrada tentando esconder um revólver calibre 38, municiado com dois cartuchos intactos, no interior de um travesseiro que se encontrava no automóvel. Ela relatou que a arma era de L.M.S. A jovem recebeu voz de prisão e teve garantidos seus direitos constitucionais.

A vítima dos disparos foi atendida pelo médico de plantão, que constatou uma perfuração no abdômen. Ele também recebeu voz de prisão e permaneceu em observação no HSP, sob escolta policial. A motocicleta utilizada pelo mesmo foi apreendida e removida ao pátio credenciado.

Os disparos pela Praça do Trabalhador ainda atingiram uma porta de aço de um comércio e o tanque de uma motocicleta Yamaha Fazer que encontrava-se estacionada nas imediações. A Perícia Técnica foi acionada, realizou os trabalhos de praxe e liberou o local.

Diante dos fatos, o autor dos disparos e a jovem que tentou esconder a arma foram conduzidos à Delegacia de Polícia.

Fonte: Guia Muriaé


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo