Home / Notícias / Policiais / Polícia Militar divulga a prática de novo golpe na região

Polícia Militar divulga a prática de novo golpe na região

Golpe

A criatividade, realmente, não tem limites. O golpe aconteceu no dia 24 de maio, em Itaperuna, município distante a 60 km de Muriaé. Foi comunicado à Polícia Militar de Minas Gerais, através do comando da PM fluminense que o repassou à corporação em Cataguases que o divulga, agora, com o objetivo de alertar a população para ser mais cautelosa quando for vender seu veículo. Conheça, agora, o golpe da compra do carro, aplicado naquela cidade do estado do Rio de Janeiro.




Uma mulher de 31 anos anunciou a venda de seu veículo, um Pólo Sedan 1,6, e no dia 24 uma pessoa, que se identificou como Douglas, ligou dizendo estar interessado no carro e que trabalhava embarcado. Ele, então, foi ver o Polo na casa da proprietária cujo preço era R$ 27.500, mas, depois de negociar, foi vendido a Douglas por R$ 27 mil. Para pagar o carro o comprador propôs fazer uma transferência bancária. Ela lhe deu o número da conta corrente de seu cunhado e, na mesma hora, Douglas ligou para uma mulher, que seria sua esposa, pedindo para efetuar a transação bancária. Minutos depois, a mesma mulher liga novamente dizendo ter feito a transferência.

A vendedora do Polo, ligou para o cunhado que lhe informou ter sido depositado na conta dele a quantia de R$ 100 mil. Douglas disse-lhe então que sua esposa errou o valor do depósito e pediu como garantia de que o dinheiro depositado a mais lhe seria devolvido, a chave reserva e o documento de compra e venda do carro que já estava assinado, bem como o recibo de R$ 27 mil, referente à compra. Por fim, quando já estava descendo as escadas do apartamento da vítima, Douglas pediu ao marido dela que lhe devolvesse parte do dinheiro extra para que pudesse voltar para casa. Dizendo ter somente R$ 650 o marido lhe entregou aquela quantida e se despediram.

Posteriormente, o cunhado foi ao banco repassar o valor do carro para a ex-dona e foi surpreendido com a informação dada pelo gerente de que uma pessoa havia colocado um envelope vazio no caixa eletrônico indicando o valor de R$ 100 mil, e que o depósito fora feito em uma agencia de Ubá (MG). Douglas, a partir daí, não mais atendeu às ligações e nem voltou a Itaperuna. Na última segunda-feira (27), ele enviou a seguinte mensagem para vítima: “Se quiser o seu recibo de volta e a chave, é só me pagar R$ 100 mil que vai chegar tudo em suas mãos”.




O estelionato foi registrado na Delegacia de Itaperuna. A Polícia em Minas não tem registro de novas vítimas deste golpe.

Fonte: Rádio Itaperuna AM e Polícia Militar de Minas Gerais
Foto: Ilustrativa




Confira também

Armado com faca, homem ameaça e estupra jovem que transitava pela BR-356, em Muriaé

Mais um caso de estupro foi registrado, durante a madrugada desse domingo (20), em Muriaé. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *