Home / Notícias / Policiais / Professora registra queixa por assédio moral contra escola de Muriaé

Professora registra queixa por assédio moral contra escola de Muriaé

Plantão policial




Uma professora de Muriaé registrou na segunda-feira (17) uma queixa na Polícia Militar relatando sofrer assédio moral.

A professora, que dá aulas em uma escola no Bairro João XXIII, narrou que vem sofrendo assédio moral em seu local de trabalho há mais de dois anos, por parte da administração da escola e alguns colegas de trabalho. Relatou ainda que vem exercendo sua função em sala de aula e não há nenhum funcionário específico para proceder a limpeza do seu local de trabalho, o que lhe traz transtornos perante aos seus colegas de trabalho e alunos. Durante quase um mês ela fez a limpeza do seu local de trabalho, mesmo não sendo a sua função, para que os alunos tivessem um ambiente melhor para os estudos. Mas ela parou de proceder a limpeza por estar sendo assediada moralmente pela administração da escola.

A professora relatou que pode apresentar testemunhas dos fatos narrados. Ela já havia feito anteriormente um Registro de Eventos de Defesa Social (REDS), mas foi orientada na epóca em reunião da escola a não representar contra ela e concordou na ocasião.

Fonte: Guia Muriaé, com informações da Assessoria de Imprensa da Polícia Militar

Confira também

Prefeitura de Muriaé realiza limpeza do Cemitério Municipal para Dia de Finados

Há duas semanas, à Prefeitura de Muriaé está realizando a limpeza do Cemitério Municipal para …

Um comentário

  1. maria faria de almeida

    Parabenizo-a pela atitude! E hipoteco toda a minha solidariedade. Sei perfeiteamente o que isso signigfica. Sofri assédio moral no trabalho pela chefia durante cinco longos anos até tomar uma atitude e procurar a justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *