34 pessoas são detidas por vandalismo e roubos após festa de carnaval na região



Uma festa de carnaval terminou em vandalismo e roubos, na madrugada desta quarta-feira (14), na cidade de Oratórios, na Zona da Mata. Trinta e quatro pessoas foram detidas, incluindo adolescentes.

Por volta das 5h, a Polícia Militar recebeu ligações via 190 dando conta de que estaria ocorrendo uma briga generalizada, que pessoas estariam roubando barraqueiros e ainda estariam promovendo vandalismo no município, bem como teriam quebrado a porta do quartel da PM. Foi acionado apoio de militares da 21ª Companhia PM Indenpedente de Ponte Nova e várias pessoas foram presas em diferentes pontos de Oratórios.

Uma das denúncias dava conta de que um indivíduo teria agredido o dono de uma barraca com uma garrafa e lhe ameaçado de morte, vindo a efetuar um disparo de arma de fogo, porém sem atingir o comerciante. Ele ainda teria ameaçado outras pessoas e efetuado mais dois disparos de arma de fogo. O denunciado foi encontrado em meio a um matagal, porém a arma de fogo não foi encontrada.

Outra denúncia apontava uma mulher como tendo roubado uma barraca de bebidas. Ela foi encontrada em casa com vários materiais roubados e presa. Outra denúncia apontava um adolescente por várias pichações e por ter arremessado um martelo no quartel da PM. Ele também foi localizado e apreendido. O martelo foi apreendido após a unidade policial ser periciada.

Barraqueiros alegaram que chegaram a ficar acuados pelo grupo e por pouco não foram linchados. Um dos comerciantes chegou a ser atingido por uma garrafada na cabeça, causando um corte. Ele foi socorrido e encaminhado para um hospital em Ponte Nova.

Os autores receberam voz de prisão/apreensão e foram levados para a Delegacia de Plantão em Ponte Nova. Foi preciso um ônibus para levar o grupo para o registro da ocorrência.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.