Acidente tira a vida de agente penitenciário

Um acidente envolvendo uma motocicleta Yamaha Fazer, vermelha, e um veículo Renault Duster, preto, ambos com placas de Juiz de Fora, ocorrido na manhã deste domingo (29), em Coronel Pacheco, tirou a vida do agente penitenciário Wesley Silva do Amaral, de 25 anos de idade, que trabalhava no Presídio de Visconde do Rio Branco. A colisão aconteceu no km 59 da MG 353, por volta das 5h.

O condutor do automóvel, um policial militar de 45 anos, lotado em Piraúba, não se feriu, mas sentia dores nos membros superiores e mesmo assim dispensou atendimento médico, conforme o registro policial. Ele contou que seguia em sua mão de direção pela estrada, que estava com a visibilidade prejudicada devido a um nevoeiro, quando, em uma curva fechada, foi atingido pela motocicleta que vinha em sentido contrário.

Ainda conforme relatou, logo após a colisão desceu do veículo, chamou socorro, sinalizou a via para evitar novos acidentes, preservou o local e aguardou a chegada da equipe policial que assumiu o caso. Ele foi submetido a um teste de alcoolemia com resultado negativo. A Perícia Técnica da Polícia Civil realizou seus trabalhos de rotina e na sequência liberou o local. A motocicleta foi removida a um pátio credenciado do Detran-MG, em Juiz de Fora.

Duas equipes do SAMU foram atenderam à vítima ferida, mas após os procedimentos para tentar reanimá-lo, foi constatado o seu óbito sendo o corpo removido para o necrotério de Juiz de Fora. Seu sepultamento será nesta segunda-feira (30), naquela cidade. O militar envolvido no acidente foi levado para a Delegacia de Polícia de Juiz de Fora onde prestou depoimento. Os dois veículos estavam com suas documentações em dia e ambos condutores eram habilitados.

Fonte: Marcelo Lopes


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre