Home / Notícias / Região / Advogado é morto a golpes de machado em Juiz de Fora

Advogado é morto a golpes de machado em Juiz de Fora

A Polícia Civil investiga o assassinato de um advogado, que também era sargento reformado da Polícia Militar, que foi morto a golpes de machado em Juiz de Fora. Nesta quarta-feira (17), um suspeito foi preso e confessou o crime.

A vítima, de 75 anos, saiu de casa no dia 2 de janeiro para receber uma dívida de R$ 300 referente a honorários e não voltou mais. Ela foi até uma casa no Parque das Torres para cobrar um cliente, que na ocasião estava acompanhado de um comparsa. Eles aplicaram uma gravata no advogado e o executaram a golpes de machado. Em seguida, jogaram o corpo nas águas do Rio Paraibuna, que passa nos fundos do imóvel.




Um dos autores foi preso. Ele já tinha passagem na polícia por tentativa de homicídio e o advogado estava defendendo ele em uma causa por porte ilegal de arma de fogo. Na casa (foto) onde ocorreu o crime, policiais encontraram as roupas queimadas do advogado.

O delegado Luciano Vidal representou pela prisão temporária dos suspeitos. Eles serão indicados por homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, dificultar a defesa da vítima e ocultação de cadáver.

Equipes do Corpo de Bombeiros seguem realizando buscas pelo corpo do advogado.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Tribuna de Minas

Confira também

Fhemig abre processo seletivo para o Hospital Regional de Barbacena

A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) torna público que estarão abertas inscrições …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *