Adolescente é preso em Abre Campo por invadir redes sociais da prefeitura

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu investigação referente a um crime cibernético praticado contra a Prefeitura de Abre Campo, na Zona da Mata.

No dia 11 de março, na página oficial da instituição em uma rede social, foi realizada uma postagem que causou transtorno à administração pública no enfrentamento da pandemia contra a Covid-19.

O suspeito de realizar a ação, adolescente à época dos fatos, irá responder pelos atos infracionais análogos aos crimes dos artigos 266, §1º, e 154-A, ambos do Código Penal.

Entenda o caso

Além de invadir a página, o suspeito montou a postagem com as logomarcas da Prefeitura de Abre Campo e da Secretaria Municipal de Saúde e publicou o conteúdo como se fosse a administração pública.

A mensagem era contrária ao decreto municipal em vigor sobre as restrições para combater a propagação do coronavírus.

O infrator foi identificado e, ao prestar informações, disse que não tinha conhecimento de que sua postagem causaria transtorno e prejuízo. Ele alegou ainda que produziu o material com a finalidade de ajudar os comerciantes.

Fonte: PCMG


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo