Advogado é morto a tiros e mulher é presa suspeita de participação no crime

Um advogado de 32 anos foi assassinado, na noite dessa quinta-feira (1), em Caratinga, no Vale do Aço.

Augusto Rocha Barreto Diniz de Abreu estava conversando com um colega na Rua Princesa Isabel, no Centro, quando um indivíduo se aproximou e abriu fogo em sua direção.

O advogado chegou a ser socorrido e levado para um hospital local, mas morreu após dar entrada na unidade de saúde.

A Polícia Militar foi acionada e analisou imagens de câmeras de segurança. Foi possível identificar o autor fugindo em um carro que o esperava próximo ao local do crime.

Ainda em verificação as imagens das câmeras, os policiais conseguiram identificar a condutora do carro. A mulher foi presa em flagrante.

Ela confessou a participação no homicídio e disse que foi procurada pelo homem que fez os disparos, alegando que ele sabia que ela também tinha “questões mal resolvidas com o advogado”.

Durante as diligências, a PM ainda apreendeu notebook, aparelho celular e pen drives da vítima, que devem auxiliar nas investigações.

A polícia segue em rastreamento no intuito de localizar o segundo envolvido no assassinato.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do G1


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo