Alerta: golpe do massageador faz vítimas na região

Moradores de Manhumirim estão alertando a população para que se previna de um golpe já registrado em outras cidades e agora notificado na região. Foram pelo menos dois registros policiais nesta semana.

Trata-se da ação de supostos ‘vendedores’ que agem de porta em porta e tentam vender um massageador elétrico, cujo valor fica entre R$ 120 e R$ 200, a preços que chegam a R$ 2 mil, com uso de cartões de crédito, que são clonados durante as negociações.

A filha de uma das idosas, de 61 anos, contou à reportagem do Portal Caparaó, que o casal de vendedores chegou à casa deles na quarta-feira, dia 15/12. Ela acredita que havia uma terceira pessoa que ficou no carro observando e monitorando o movimento.

Conforme apurado, as vítimas geralmente são idosos, de preferência que estejam sozinhos em casa para que sejam convencidos a adquirir os produtos. Os aparelhos são vendidos a um preço bem superior ao de mercado, sem nenhuma documentação ou garantia de procedência e os golpistas garantem benefícios e vantagens não existentes, como a cura para dores.

Nos dois casos em Manhumirim, eles pegaram dados dos cartões dos aposentados. Numa das ocorrências, com as informações de um aposentado de 72 anos fizeram a aprovação de empréstimo consignado em nome da vítima no valor de 1.800 reais.

No registro da aposentada, foram três mulheres. Durante o processo de compra, as vendedoras tiraram fotos dela, colheram sua assinatura e ela forneceu seus documentos pessoais como carteira de identidade civil e CPF e realizou a compra através do cartão de crédito.

Depois de algum tempo em que a vítima havia feito a compra, ela se arrependeu e solicitou o cancelamento. As vendedoras disseram que iriam efetuar o cancelamento e pediram para vítima digitar a senha do cartão de crédito por três vezes na máquina de cartão que elas portavam.

A filha da moradora foi até o banco e descobriu a transferência de um crédito no valor de R$7.230,40 para a conta de sua mãe na caixa econômica federal e que no dia 14/12/2021 o estabelecimento de número 00166817841 realizou três compras no valor de R$3600,00; R$1000,00 e R$300,00 à Pagseguro utilizando os dados do cartão de crédito da aposentada. A família ainda conseguiu evitar a retirada de mais 2.330 reais.

Em Manhumirim, imagens dos suspeitos do golpe têm circulado em grupos e redes sociais. A intenção é alertar para que mais pessoas não sejam enganadas.

Fonte: Portal Caparaó

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo