Home / Notícias / Região / Atrito verbal entre colegas termina no primeiro homicidio do ano em Cataguases

Atrito verbal entre colegas termina no primeiro homicidio do ano em Cataguases

Atrito verbal entre colegas termina no primeiro homicidio do ano em Cataguases




A vítima, Edison do Carmo Barroso

Um desentendimento verbal entre dois colegas acabou na morte de Edison do Carmo Barroso, 45 anos, no início desta manhã de quinta-feira, 5, em Cataguases. O crime ocorreu no viveiro de mudas localizado na rodovia MG-447, Km 101, próximo ao Clube Meca. O autor, Valdeci Batista dos Santos, 48 anos, mais conhecido por “Baiano”, foi preso em flagrante após confessar o crime. Várias viaturas da Polícia Militar e da Polícia Civil estiveram no local para atender a ocorrência e dar início às buscas pelo suspeito que foi encontrado próximo ao local do crime e após ser interrogado, confessou o delito.

“Baiano” é funcionário do viveiro de mudas onde Edison ia frequentemente para conversar e até fazer um “bico”, segundo apurou a Polícia Militar, que esteve no local para registrar o fato onde também compareceu a perícia técnica. O crime teria acontecido no início da manhã, por volta das 6:30 horas. Baiano, ao chegar no Viveiro encontrou com Edison e, após um rápido desentendiment,o pegou um facão que estava próximo e desferiu três golpes contra Edison, que estava sentado. O primeiro acertou a nuca da vítima, o segundo o abdomem e o terceiro no queixo, caindo ao chão já sem vida.

O corpo foi levado para o necrotério do Pronto Socorro Municipal de Cataguases e após ser reconhecido pelos familiares foi liberado para o sepultamento.

Fonte: Marcelo Lopes

Confira também

Corpo de adolescente desaparecida em temporal é encontrado

Foi encontrado na tarde desta sexta-feira (16), em Belo Horizonte, o corpo de Anna Luísa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *