Bebê de 2 meses morre após mãe surtar e jogá-la em fogueira

blankA depressão pós-parto pode ter causado a morte de uma bebê de apenas 2 meses, na noite dessa quinta-feira (15), na zona rural de Santo Antônio do Itambé, no Vale do Jequitinhonha.

Em um suposto surto, uma mulher, de 40 anos, pegou roupas e alguns móveis da casa para fazer uma fogueira na localidade conhecida como Bagre. Em seguida, ela lançou a própria filha nas chamas. A menina morreu no local.

A Polícia Militar só foi acionada na manhã desta sexta-feira (16), após vizinhos encontrarem algumas galinhas bicando o corpo da criança que ficou completamente queimado.

Logo que chegaram a comunidade, os militares encontraram a mulher trancada em casa. Ela se recusou a sair do imóvel e uma equipe do SAMU foi mobilizada. A mulher foi presa. Antes de ser levada a delegacia ela precisou ser sedada e conduzida ao hospital.

O marido da mulher disse que sua companheira tinha tido uma noite de surtos e ataques de nervos. Ele chegou a procurar ajuda médica pela manhã, porém quando retornou sua filha já estava morta.

O homem disse que a mulher estava com depressão e fazia uso de remédios controlados. A tragédia só não foi maior porque a mulher não matou a outra filha de 3 anos.

A mulher que sofre de depressão pós-parto pode apresentar quadro de irritabilidade, falta de vínculo com o bebê, insônia e falta de apetite.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Jornal O Tempo


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre