Bebê e irmã são resgatadas em situação de abandono após vizinho ouvir choro

Enquanto a ocorrência era registrada, os responsáveis pelos menores apareceram e foram presos em flagrante

Guia Muriaé no WhatsApp

Em uma cena chocante de negligência parental, um bebê de apenas dois meses e uma adolescente de 15 anos foram encontrados em situação de abandono dentro de uma residência em Ubá

, na região da Zona da Mata, em Minas Gerais. O pai e a madrasta das crianças foram presos em flagrante pela polícia.

O incidente veio à tona após um vizinho ligar para o Conselho Tutelar, relatando que ouviu o choro de um bebê vindo da residência vizinha. A Polícia Militar foi acionada para investigar a situação. Ao chegarem ao local, os policiais tentaram contato com os responsáveis pela casa, porém, sem sucesso. Diante do portão trancado com cadeado e corrente, decidiram entrar pulando o muro.

Dentro da casa, uma cena deplorável os aguardava. O bebê estava deitado em um colchão sujo, cercado por lixo e móveis em péssimo estado, em condições de higiene precárias. A adolescente, irmã do bebê, foi encontrada escondida em uma laje, revelando aos policiais os problemas enfrentados pela família.

Enquanto a ocorrência era registrada, os pais das crianças retornaram ao lar. Diante das evidências de abandono, foram presos em flagrante por abandono de incapaz. O bebê e a adolescente foram encaminhados aos cuidados do Conselho Tutelar para garantir sua segurança e bem-estar.

A cena lamentável foi encerrada na 15ª Delegacia de Polícia Civil de Ubá, onde os pais responderão pelo crime de abandono de incapaz.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do Jornal O Tempo

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo