Home / Notícias / Região / Biometria se torna obrigatória em Antônio Prado de Minas, Eugenópolis e Patrocínio do Muriaé

Biometria se torna obrigatória em Antônio Prado de Minas, Eugenópolis e Patrocínio do Muriaé

Nessa quinta-feira (2), mais 27 municípios mineiros começam o recadastramento obrigatório do eleitorado por meio da coleta de dados biométricos. Entre eles, estão locais como Itajubá e Sete Lagoas.

O eleitorado total das 27 cidades é de 400.737, com 68.191 (17,02%) já biometrizados. O prazo para a conclusão do procedimento varia entre outubro de 2019 e fevereiro de 2020.

Entre os municípios da Zona da Mata onde a biometria passa a ser obrigatória estão Antônio Prado de Minas, Eugenópolis, Mercês, Patrocínio do Muriaé, Pedra Dourada, Rio Pomba, Silveirânia, Tabuleiro, Tocantins e Tombos.




O comparecimento à revisão é obrigatório para todos os eleitores registrados nesses municípios que ainda não fizeram o recadastramento biométrico.

Aqueles que já coletaram a assinatura, foto e digitais não precisam fazer o cadastro novamente. O procedimento foi determinado pelo Provimento nº 003-CRE 2019 da Corregedoria Regional Eleitoral, que traz todas as normas para o atendimento ao eleitor dessas cidades.

Atendimento




Para fazer o recadastramento biométrico, basta comparecer a um cartório eleitoral, central ou posto de atendimento levando documento oficial de identidade que comprove a nacionalidade brasileira e comprovante de endereço. São aceitos como documento a carteira de trabalho, carteira de identidade, carteiras emitidas por órgãos reguladores de profissão, certidão de nascimento ou de casamento. Não são aceitos a carteira de habilitação e o novo passaporte. Homens que vão fazer o alistamento eleitoral devem apresentar também comprovante de quitação do serviço militar (de 1º de julho do ano em que completar 18 anos até 31 de dezembro do ano em que completar 45 anos).

O horário de funcionamento dos cartórios, centrais e postos é de segunda a sexta-feira, de 12h às 18h. Para se evitarem filas, o atendimento pode ser agendado no site do TRE ou pelo Disque-Eleitor (telefone 148), mas os eleitores também podem ser atendidos por ordem de chegada.




Biometria em Minas Gerais

Em 84 cidades de Minas onde foi feito o recadastramento obrigatório, todo o eleitorado já votou com identificação biométrica nas últimas eleições. Em 129 (formato PDF), a revisão biométrica começou entre fevereiro e abril. Nesse grupo, há 11 cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte: Ibirité, Mário Campos, Nova Lima, Raposos, Ribeirão das Neves, Rio Acima, Sabará, Santa Luzia, São José da Lapa, Sarzedo e Vespasiano.Em outros 613 municípios (formato PDF), inclusive na capital mineira, o atendimento ainda é feito de forma ordinária, à medida que os eleitores buscam algum atendimento da Justiça Eleitoral.

Até o dia 29 de abril, 5.213.562 eleitores em todo o estado já haviam feito o recadastramento biométrico. Isso representa 33,08% do eleitorado mineiro, que é de 15.762.722.

Fonte: TRE-MG

Confira também

Motorista tenta tirar blusa de frio na direção e capota carro com a família

Cinco pessoas de uma mesma família ficaram feridas em um acidente, na tarde de quarta-feira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *