Ciclista morre em acidente na BR 262, em Manhuaçu



Um ciclista morreu em um acidente, na noite dessa quinta-feira (1), no km 56 da BR 262, em Santo Amaro de Minas, distrito de Manhuaçu

O cabo Cassius, do Corpo de Bombeiros de Manhuaçu, explica que, segundo relato de populares, um motociclista colidiu com Gilmar Alves de Freitas, de 37 anos, que atravessava de bicicleta de um lado para o outro da pista, próximo ao Aeroporto de Santo Amaro de Minas. “O piloto da moto caiu na estrada e o rapaz da bicicleta foi jogado adiante. Testemunhas contaram que, logo em seguida, o ciclista foi atropelado por um caminhão. O caminhoneiro seguiu viagem, sem ser identificado, portanto, sem prestar assistência à vítima”, detalhou. O motociclista foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manhuaçu. Ele sofreu escoriações nos braços e pernas e ferimentos leves na cabeça, mas estava consciente e orientado.

A Polícia Rodoviária Federal registrou a ocorrência. “O ciclista transitava na contramão de direção. O motociclista estava com velocidade incompatível para o local, já que ele saia do distrito para acessar a rodovia. Ou seja, foram vários fatores associados que infelizmente levaram a vida desse jovem. Após o impacto que sofreu da motocicleta, o ciclista foi atropelado por um veículo de grande porte que não observou a presença do corpo sobre a rodovia. Fizemos alguns levantamentos, mas sem informações ainda desse caminhão”, conta patrulheiro Rhodes.




Ainda durante a na noite de ontem, houve um primeiro protesto em Santo Amaro de Minas com pneus sendo queimados na pista da BR-262. O movimento anunciou que irá fechar a rodovia nesta sexta-feira (2) para pedir providências no sentido de melhorar a segurança no trecho da comunidade.

Fonte: Jailton Pereira / Portal Caparaó

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.