Cidades da Zona da Mata oferecem retiros espirituais durante o Carnaval

Diversos municípios da Zona da Mata mineira vão realizar eventos para todas as religiões, sem deixar de lado a diversão, animação e alegria, tipicos do Carnaval.

Em Muriaé, uma das opções é o retiro organizado pela Igreja Metodista Central. Pela taxa de R$ 100, os participantes passam os quatro dias do feriado em um sítio, com momentos de muita oração e reflexão. “Além dos cultos, vamos contar também com um enduro. As pessoas serão divididas em equipes e terão que fazer diversas atividades, como subir montanhas, andar em cordas, entre outros. O objetivo é identificar os talentos de cada um e exercer o espírito de liderança”, explicou a pastora Maria Rosângela Donato. Um bloco evangélico também esta sendo organizado e terá como objetivo sair para as ruas para evangelizar as pessoas.

Já em Leopoldina, faltando mais de dez dias para o Carnaval, as inscrições para o retiro do Centro Espírita Amor ao Próximo já estão esgotadas. Ainda segundo a organizadora, serão quatro dias de evento. “A programação é diversificada. Estamos programando palestras, teatros, esportes e ioga”, comentou uma das organizadoras, Vera Pires.

Em Juiz de Fora, um acampamento espera reunir cerca de três mil pessoas por dia. O evento é organizado pela Comunidade Resgate e, este ano, será realizado no formato de acampamento. Várias atividades estão programadas para os participantes. “Teremos pregações, momentos de louvor, missas, shows com bandas de axé católico e um luau. É uma programação extensa durante todos os dias”, destacou a organizadora Carolina Drummond. O acampamento tem início no sábado de carnaval e segue até a quarta-feira de cinzas e acontece no Centro de Evangelização da comunidade. A taxa de participação é de R$ 25, apenas para quem acampar no local.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do G1 / Foto: Divulgação/Igreja Metodista Central


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre