Combate a crimes fiscais nas rodovias da região gerou mais de R$ 1,7 milhões em multas

Durante o ano de 2020 as Unidades Operacionais da Polícia Rodoviária Federal de Leopoldina, Muriaé e Fervedouro, em conjunto com a Secretaria de Fazenda do Estado de Minas Gerais, intensificaram o combate aos crimes tributários relacionados ao transporte rodoviário de cargas.

Foram registradas dezenas de ocorrências relativas ao transporte de mercadoria nacional sem documento fiscal ou com a documentação emitida de forma irregular. Há ainda situações onde o transportador utiliza da mesma nota fiscal para realizar mais de uma viagem.

Em razão das fiscalizações realizadas pela PRF nas rodovias federais que cortam a região foram lavrados diversos boletins de ocorrência relacionados, principalmente, ao transporte irregular de bebidas alcoólicas e cigarros.

Nestes casos os veículos são retidos e as informações encaminhadas para a Receita Estadual. Após análise dos fiscais são emitidos os autos de infração para pagamento das multas e impostos que deixaram de ser recolhidos. Em razão desse serviço conjunto entre as duas instituições, no corrente ano a Receita Estadual aplicou multas que totalizaram o valor de R$ 1.799.574,01.

O combate à sonegação fiscal é de grande importância pois tais práticas ilícitas ferem o sistema tributário e geram no mercado uma concorrência desleal.

Fonte: PRF


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo