Corpo do padre de Simonesia é encontrado; ele teria sido morto a facadas e teve carro roubado

A Polícia Militar recebeu a informação de que o padre Adriano da Silva Bastos de 36 anos, Pároco de Simonesia, teria desaparecido.

Segundo relatos, o padre teria ido visitar sua mãe que está doente, na cidade de Martins Soares e retornaria para Simonésia onde iria celebrar uma missa na paróquia, zona rural.

A última vez que ele foi visto foi na região central de Reduto, onde se deslocou em seu veículo Chevrolet Onix, cor branca, placa: QWS-4472, estando na companhia de sua irmã, a qual foi a última com quem ele teve contato.

Segundo relato, o padre desde então não entrou em contato, não atendia o celular e as mensagens enviadas ao seu celular não foram visualizadas.

E por volta de 18h desta quarta-feira (14), a PM foi acionada por um morador Córrego Pirapetinga, em Mamhumirim, que visualizou um fogo em seu terreno e ao deslocar ao local para apagar, localizou um corpo carbonizado.

Equipes da PM e da Polícia Civil foram até o local, sendo constatado pela perícia que haviam ainda ferimentos provocados provavelmente por facas.

Irmãos do padre Adriano também estiveram presentes no local, reconhecendo o corpo como sendo do Padre Adriano.

Equipes da PM estão levantando informações sobre a autoria do crime e dois suspeitos estão sendo entrevistados pelas equipes militares. Eles foram vistos por testemunhas próximo ao local onde o corpo foi encontrado. Não há ainda a motivação do crime.

O veículo ainda não foi localizado. Segundo informações da PRF, ele teria sido visto passando por Terezópolis (RJ), nesta data, por volta de 5h.

Fonte: Portal Caparaó com informações da Polícia Militar


Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre