Covid: Viçosa limita público em eventos e vai responsabilizar bares por aglomerações

A Prefeitura de Viçosa informa que, na próxima segunda-feira, 17, entra em vigor as medidas estipuladas pelo Decreto Municipal 5.726/2022, referentes à pandemia da Covid-19. O documento foi assinado pelo prefeito Raimundo Nonato Cardoso, nessa quinta-feira, 13.

O novo decreto leva em consideração o enquadramento do Município no plano Minas Consciente, bem como a necessidade de adequar as disposições estipuladas pela Onda Verde. Além disso, considera o expressivo aumento de casos de positivo ativos de Covid-19; e a quantidade de atendimentos médicos, atendimentos de enfermagem, testagens realizadas e o número de profissionais da área de saúde afastados em decorrência da Covid-19.

Dentre as determinações, está a responsabilização de bares e restaurantes por quaisquer aglomerações que ocorram em vias públicas em seu entorno. Consta ainda a proibição de circulação de pessoas sem máscaras em espaços públicos ou privados de uso coletivo, sob pena das sanções previstas em lei.

Em relação aos eventos públicos e privados, eles deverão obedecer ao limite de lotação de 50% da capacidade total do estabelecimento. No entanto, conforme o artigo 3º, a limitação de lotação não poderá extrapolar a quantidade máxima de 500 pessoas, devendo ser observadas ainda as Leis Municipais nº 2.287/2013 e nº 2.457/2015.

A título de exemplo, um espaço com lotação máxima de 600 pessoas, só poderá funcionar com 50% da capacidade; já os espaços que possuem capacidade para receber 2.000 pessoas, só poderão realizar eventos com, no máximo, 500 pessoas.

Fonte: PMV

Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo