Crimes em prefeituras de MG: empresários e políticos de Ponte Nova, Viçosa e Manhuaçu são investigados

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Procuradoria Especializada no Combate a Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco Zona da Mata), juntamente com a Polícia Civil e a Polícia Militar, cumpriu, na manhã de hoje, dia 24, mandados de busca e apreensão expedidos pela 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Foram expedidos 14 mandados de busca e apreensão, que foram cumpridos em Ponte Nova, Viçosa, Manhuaçu, Sete Lagoas e Santa Cruz do Escalvado.

O objetivo da busca e apreensão é localizar e apreender provas que corroborem a investigação em curso na Procuradoria Especializada no Combate a Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais, envolvendo esquema criminoso relacionado a fraudes em licitação, peculato, desvio, corrupção e associação criminosa, praticados por agentes públicos e empresários.

Dentre os alvos da operação estão um prefeito, um presidente da Câmara Municipal e empresários atuantes na Região Central e na Zona da Mata Mineira.

Participaram da operação quatro promotores de Justiça, cinco delegados de Polícia, 34 policiais civis, oito policiais militares, 20 agentes do Gaeco, dois servidores do MPMG e um perito criminal.

Fonte: MPMG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre