Home / Notícias / Região / Dois suspeitos de matar frentista em assalto a posto são presos

Dois suspeitos de matar frentista em assalto a posto são presos

A Polícia Militar prendeu um jovem e apreendeu um adolescente que tentaram assaltar um posto de combustível em Alto Jequitibá, no dia 05 de setembro. Dois frentistas foram baleados e um deles faleceu.

De acordo com os relatos de uma das vítimas, por volta das 11h, dois indivíduos chegaram em uma motocicleta Honda CG, de cor verde, solicitando ao frentista o abastecimento do veículo. Enquanto isso, o segundo frentista se levantou e foi em direção ao colega, momento em que ouviu os disparos e viu o autor tentando tomar o dinheiro das mãos da vítima. Em seguida, os autores fugiram na motocicleta. O carona virou-se para trás e ainda deu mais um tiro que atingiu o abdômen do funcionário do estabelecimento. Os dois frentistas baleados foram conduzidos ao hospital. Um deles, de 44 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. O outro, de 30 anos, permanece internado.

De acordo com as imagens das câmeras de monitoramento do posto de combustível, foi possível identificar um dos autores, um indivíduo que estava internado em uma clinica de reabilitação para adolescentes infratores. Este cidadão completou a maior idade recentemente, mas enquanto era menor de idade cometeu diversos atos infracionais em Manhumirim e região, por isso foi internado no Centro de Reabilitação. Contudo, por ocasião do Dia dos Pais, o infrator recebeu autorização para ir para casa e retornar à clinica, porém ele não voltou.




As imagens da ação dos autores foram apresentadas a mãe de um deles. Prontamente, ela identificou o filho e disse que ele esteve em casa juntamente com o indivíduo visto nas filmagens. A mulher disse que não conhecia o rapaz, mas disse que o filho o chamava por um apelido que foi passado a PM. Posteriormente, a PM identificou este indivíduo como um adolescente infrator, morador do bairro Santa Terezinha em Manhuaçu.

Diante das informações, os Policiais Militares realizaram intenso rastreamento por todos os possíveis locais usado pelos autores como esconderijo. Os trabalhos da PM se estenderam até o dia seguinte, dia 6 de setembro, quando uma equipe policial localizou o adolescente infrator, de 16 anos. Ele negou qualquer participação no assaltou, dizendo que esteve em casa e em um bar de Manhuaçu durante todo o dia 5 de setembro. Todavia, o frentista ferido reconheceu o adolescente. A mãe do outro autor também reconheceu o adolescente de idade e reafirmou que ele esteve na casa dele na manhã de sábado, dia do crime. Além de todas estas informações, os policiais observaram que o menor infrator estava usando um relógio, o mesmo visto nas imagens das câmeras de segurança do posto. O adolescente infrator foi apreendido e conduzido à Delegacia de Polícia.

A PM continuou em rastreamento no intuito de localizar o segundo envolvido. Uma operação envolvendo diversos policiais foi organizada pelo 11º Batalhão de Polícia Militar de Manhuaçu. Os policiais cercaram a casa onde o autor estava no bairro Santa Terezinha em Manhuaçu. Quando ele percebeu que estava cercado, quebrou uma janela de vidro, pulou do segundo andar, saiu correndo, pulou o leito do Rio Manhuaçu e se escondeu em um matagal. A PM então acionou a equipe do canil do 11º BPM. O foragido percebeu a chegada do cão e tentou fugir partindo em direção aos policiais. Ele foi advertido, sendo dada ordem de parada, porém o autor não obedeceu às ordens, momento em que foi baleado na perna por um dos policiais. O indivíduo foi imobilizado. Com ele foram encontrados duas camisas e um simulacro de arma de fogo, tipo revólver.




O autor foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde recebeu os devidos cuidados médicos, sendo constatado também que a bala não atingiu nenhum osso. No interior da casa da namorada do autor, foram localizados e apreendidos um coldre de revólver calibre 22, uma faca, duas bermudas, uma camisa e uma blusa de frio, roupas usadas no crime em Alto Jequitibá. Os policiais militares ainda tomaram conhecimento que a motocicleta Honda CG 125, cor verde, utilizada no homicídio, estava abandonada no Córrego Guarani, zona rural de Reduto. Um morador da localidade relatou que dois indivíduos chegaram na casa dele no dia 5 de setembro, por volta das 17h, empurrando a motocicleta, dizendo que havia apresentado defeito. Pediram para que ele guardasse a motocicleta e que os levasse até o bairro Engenho da Serra, em Manhuaçu. Esta testemunha reconheceu os dois indivíduos detidos pela PM como os que estiveram na casa dele. A motocicleta apreendida havia sido furtada em Manhuaçu no dia 4 de setembro, um dia antes do homicídio, e foi recolhida ao pátio credenciado.

Diante dos fatos, o autor foi conduzido à Delegacia para demais providências.




Fonte: PMMG

Confira também

Jovem é morto com 7 tiros na rodovária de Visconde do Rio Branco

Um jovem de 24 anos foi morto a tiros, na manhã dessa quarta-feira (22), em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *