Dupla é presa por tráfico, porte de arma e formação de quadrilha em Teixeiras

Foto: Guia Muriaé
Dois jovens foram presos, na manhã dessa quarta-feira (1º), pelos crimes de tráfico de drogas, formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo em Teixeiras.

Com base em denúncia anônima que aportou via Disque Denúncia Unificado (181), a Polícia Militar de Teixeiras recebeu informação que um indivíduo, muito conhecido pela prática de vários crimes na cidade, possuía um revolver ou um rifle calibre 22, pois o mesmo na terça-feira (30) teria comprado 30 munições do mesmo calibre e que ele e sua namorada estariam escondidos na Rua Dom Viçoso, no bairro Bom Jesus, em Viçosa.

Durante diligências realizadas pelas equipes, militares quando na Rua Santa Rita, no bairro Vila Santana, na cidade de Teixeiras, avistaram um indivíduo caminhando em companhia de outro indivíduo, os quais foram identificados.

Em certo momento, um deles abaixou, pegou algo e colocou em sua cintura. Foi realizada a abordagem e busca pessoal, sendo localizado na cintura do autor um revólver calibre 22, carregado e municiado com seis munições intactas e, no bolso da frente de sua calça, foi localizada uma bucha de substância análoga a maconha.

Já com o segundo indivíduo, nada de ilícito foi encontrado. Questionado, o autor relatou que a arma foi adquirida pelos dois. Como se trata de um indivíduo envolvido em diversos crimes, os militares deslocaram até a casa de sua avó e após franquia foram realizadas buscas, sendo localizados sete pinos de cocaína e dez pinos vazios usados para embalar drogas para serem comercializadas.

Foi dada voz de prisão em flagrante delito aos autores pelos crimes de tráfico de drogas, formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo e munições, sendo os mesmos cientificados dos seus direitos constitucionais e conduzidos à unidade de polícia judiciária juntamente com materiais apreendidos.

Após pesquisa no sistema informatizado, foi constatado que um deles possui Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) de uso/consumo de drogas, além de possuir diversas ocorrências em que foi abordado em atitude suspeita; autor de furto de cavalo em 2016, quando ainda era menor.

Já o segundo autor, possui Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso/consumo de drogas; preso pela Polícia Civil no dia 20/05/2020 pelo crime de tráfico de drogas; possui diversas ocorrências em que foi abordado em atitude suspeita, além de infrações de trânsito.

Fonte: Guia Muriaé


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Experimentoe o Novo Livre