Em Divino, casal coloca mãos à obra com ajuda do SENAR Minas

“Fiz o curso de pedreiro porque mulher não precisa ficar só no bordado. Temos que diversificar”, afirmou a professora aposentada Marina Reis Garcia, que está construindo uma casa, em sua propriedade rural, junto ao marido, José Denilson Garcia.

A mão de obra é exclusiva do casal que está colocando em prática o conhecimento adquirido nos cursos de pedreiro e solda oferecidos pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Divino, em parceria com o Sistema FAEMG/SENAR/INAES.

“Fizemos um planejamento e concluímos que o orçamento cobria a compra dos materiais. Decidimos transformar esse sonho em realidade e começamos a construção no final de 2020. Queremos mostrar que não podemos ficar de braços cruzados, temos que agir”, destacou.

Além dos cursos, José Denilson participou do programa Gestão com Qualidade no Campo (GQC). Para ele, essa formação também está sendo essencialpara uma boa administração dos recursos e desenvolvimento do casal no meio rural.

“O Sistema FAEMG nos trouxe outro olhar para a propriedade. Hoje enxergamos seu potencial e estamos investindo nela. Notamos que o nosso trabalho tem se tornado inspiração e motivação para outras pessoas”.

Marina e José Denilson destacaram ainda a transformação na qualidade de vida e na capacitação dos produtores e trabalhadores rurais do município proporcionada pela atuação do Sindicato dos Produtores Rurais de Divino e da mobilizadora, Viviane Cunha.

“O Sindicato traz oportunidades para todos, e vejo a atitude desse casal como um incentivo e exemplo. É muito gratificante ver a prática dos cursos do SENAR Minas mudando vidas. O sentimento é de realização”.

Fonte: SENAR Minas


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo