Exposição sobre a história da industrialização de Juiz de Fora é aberta na FIEMG Regional ZM

Guia Muriaé no WhatsApp

Uma importante ação cultural idealizada pelo SESI MG foi realizada no dia 01 de dezembro, na FIEMG Regional Zona da Mata. Trata-se da abertura da Exposição “Juiz de Fora: Farol Mineiro”, que tem como objetivo resgatar e mostrar, de forma temporal, a industrialização da cidade de Juiz de Fora e a importância da FIEMG no apoio ao desenvolvimento socioeconômico da região, através da criação de um pequeno memorial, com informações sobre a construção e crescimento econômico da cidade onde a FIEMG Regional ZM está inserida e atua.


A exposição, construída pelo SESI MG com o apoio a FIEMG Regional ZM e seus Sindicatos filiados, possibilita o entendimento do passado e presente da cidade e seu entorno, através de registros fotográficos, buscando integrar leituras do desenvolvimento econômico e seu impacto transformador na vida social da cidade nos dias atuais. O evento reuniu presidentes de Sindicatos; lideranças políticas, empresariais e institucionais; gerentes e representantes do Sistema FIEMG; e convidados para celebrar esta grande conquista que, segundo o presidente da FIEMG Regional ZM e presidente do Sindipan-JF, Heveraldo Lima de Castro, é motivo e muito orgulho para a entidade.

“Agradeço o empenho dos nossos presidentes de Sindicatos, coordenadoras, funcionários e de todos que contribuíram para que essa pesquisa histórica fosse feita. Agradeço também ao presidente da FIEMG, Flávio Roscoe; ao superintendente regional do SESI e diretor regional do SENAI, Christiano Leal; e ao nosso gerente regional Humberto Rezende, que abriram a possibilidade para que a sede da Regional Zona da Mata venha a ser também um Centro Cultural, divulgando a todos um pouco da nossa história por meio dessa importante exposição. Vamos continuar trabalhando em conjunto, para trazer mais desenvolvimento para nossa região”, disse Heveraldo Castro.

O diretor da FIEMG Regional ZM e presidente do Sinduscon-JF, Aurélio Marangon Sobrinho, ressaltou que essa exposição vem agregar ainda mais ao desenvolvimento de Juiz de Fora, destacando a importância não só da indústria, mas também da cultura e da educação para a sociedade. Ele falou ainda sobre a recente assinatura, juntamente com a Prefeitura, do protocolo de intenções para a construção da nova escola SESI de Juiz de Fora, com capacidade para 2 mil alunos, representando um investimento de R$ 35,5 milhões. “A previsão do início das obras é abril do ano que vem e, em 2025, as crianças e jovens de nossa cidade já poderão contar com o ensino tecnológico e de qualidade oferecido pelo SESI. Isso demonstra que a preocupação da FIEMG vai muito além da defesa dos interesses da indústria”, disse.

Já o gerente regional SESI/SENAI ZM, Humberto Rezende, afirmou que a mostra buscou retratar as múltiplas influências econômicas e culturais, estreitar a comunicação e aumentar a visibilidade da FIEMG Regional Zona da Mata com a comunidade na qual está inserida. “E, acima de tudo, despertar o olhar para a importância da preservação da memória das coisas, trazendo até o público recortes da própria história. Esperamos que essa exposição cumpra seus objetivos e agradecemos a todas as pessoas, em especial ao presidente Heveraldo Castro, que abriu as portas para nos receber, e aos Sindicatos, que contribuíram com informações, doação de objetos e fotos para a criação dessa mostra. Sem essas valiosas contribuições não teria sido possível a execução desse projeto”, disse.

A secretária de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas de Juiz de Fora, Aline da Rocha Junqueira, que na ocasião representou a prefeita Margarida Salomão, falou sobre as ações que vêm sendo realizadas pelo governo municipal em prol da desburocratização, dizendo que o projeto da nova escola SESI está sendo apreciado pela CIANE (Câmara Integrada de Análise de Novos Empreendimentos), para que a obra seja liberada rapidamente, já que se configura como de interesse público. “Parabenizo também a FIEMG e o SESI por esta bela exposição e desejo que Juiz de Fora seja mesmo o nosso Farol de Minas, nos iluminando para um futuro próspero”, destacou.

A exposição Juiz de Fora: Farol Mineiro é uma realização do SESI MG, com curadoria e expografia de Esther Mourão, profissional do SESI; pesquisa histórica de Edylane Heiterer; produção de Dayse Moraes, da área de Eventos da FIEMG Regional ZM; e assessoria e revisão de Graciele Vianna, analista de Comunicação do SESI/FIEMG Regional ZM.

Fonte: FIEMG

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo