Home / Notícias / Região / Fernando Pimentel visita a Cataguases e anuncia recursos para obras

Fernando Pimentel visita a Cataguases e anuncia recursos para obras

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, anunciou uma série de medidas nas áreas de infraestrutura, saúde e educação de Cataguases durante visita nesta quinta-feira (23). Entre elas, estão a entrega oficial de uma quadra poliesportiva, a doação de um prédio para implantação de uma unidade oncológica e o repasse de cerca de R$ 1,5 milhão à prefeitura para compra de máquinas e recuperação de ruas e estradas.

Em seu discurso, o governador relembrou uma frase do orador português Padre Antônio Vieira. “Ele tem no sermão da sexagésima uma frase que eu gosto muito e que diz assim: ‘Palavras falam ao vento. Obras falam ao coração’. E é por isso que nós viemos aqui hoje anunciar obras”, disse.




“O que estamos fazendo aqui, na verdade, e o prefeito Cesinha Samor falou disso muito bem, é resgatando uma dívida antiga do Governo do Estado com Cataguases, que ficou meio esquecida, abandonada, nesse período anterior. Não está sendo fácil, nós estamos vivendo um período de enorme dificuldade financeira e orçamentária, mas sobra um dinheirinho a gente lembra do interior, corre pra cá, e é claro que na fila, primeiro, estão os municípios que ficaram mais esquecidos. E Cataguases é um exemplo disso”, afirmou.

Durante a cerimônia, Pimentel descerrou placa marcando a entrega de uma quadra poliesportiva para a Escola Estadual Astolfo Dutra, na qual foram investidos R$ 197 mil, sendo R$ 33 mil oriundos dos cofres estaduais e o restante em parceria com o governo federal. A escola atende 286 alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. “Quando eu era prefeito de Belo Horizonte gostava de visitar depois de ver a coisa funcionando. Porque não dá para você ir lá, anunciar que vai fazer e depois não fazer, como já fizeram aqui em Cataguases várias vezes, faz o convênio e depois não executa”, disse.

O Governo do Estado transferiu R$ 1,5 milhão aos cofres do município para a realização de obras de infraestrutura e compra de maquinário. Desse montante, R$ 1,2 milhão será para compra de equipamentos (uma retroescavadeira, uma motoniveladora e um caminhão-caçamba) e os outros R$ 300 mil serão usados para recapeamento de ruas em dois bairros. Ainda durante o evento, Pimentel sancionou lei que autoriza a doação de um imóvel do governo estadual ao município, onde irá funcionar um centro de tratamento oncológico.




“Eu queria dar as boas-vindas ao governador Fernando Pimentel, que aqui comparece não só para nos honrar com a sua ilustre presença, mas, principalmente, para reafirmar o compromisso do seu governo com o desenvolvimento de Cataguases. A construção deste centro está em fase de negociação por meio de uma Parceria Público-Privada e, sem dúvida, muito sofrimento será evitado e muitas vidas serão poupadas com sua instalação”, afirmou o prefeito de Cataguases Cesinha Samor, ressaltando que hoje, quem precisa fazer tratamento de câncer, tem de recorrer a outras cidades, como Muriaé e Juiz de Fora.

“Joio e trigo”




No encerramento de seu discurso, o governador Fernando Pimentel criticou a forma como estão sendo feitas acusações a homens públicos nos dias de hoje e pediu responsabilidade na divulgação de denúncias.

“Hoje, as acusações são feitas de forma pública, com estardalhaço, baseadas na palavra de uma pessoa, de um delator, seja lá quem for, e mistura tudo. O joio e o trigo vão juntos, ao mesmo tempo, nas manchetes de jornal, nos noticiários das televisões. E agora inverteu: quem acusa não tem que provar nada, só falar que o outro praticou um ilícito e cabe ao acusado o ônus de provar que ele é inocente”, afirmou.

Participaram também do evento os secretários de Estado Odair Cunha (Governo), Macaé Evaristo (Educação) e Murilo Valadares (Transportes e Obras Públicas), além de prefeitos, vereadores e lideranças políticas da região.

Fonte: Agência Minas

Confira também

Com penas de até 23 anos, Justiça condena 16 pessoas por tráfico de drogas em Cataguases

Dezesseis pessoas, sendo elas quatorze homens e duas mulheres, foram condenadas pela prática dos crimes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *