Home / Notícias / Região / Filho é acusado de agredir e tentar estuprar a mãe de 50 anos

Filho é acusado de agredir e tentar estuprar a mãe de 50 anos

Foto: Guia Muriaé
Uma tentativa de estupro foi registrada, nessa quinta-feira (6), na zona rural de Simonésia.

Segundo informações da testemunha, o rapaz de 20 anos, portador de doença mental, tentou violentar sexualmente a mãe dele de 50 anos. O jovem ainda agride fisicamente a mulher com frequência.




A pessoa que denunciou os fatos à Polícia Militar teme que uma fatalidade possa ocorrer, caso alguma providência não seja tomada pelas autoridades competentes.

No local, a equipe da PM fez contato com a vítima, que relatou que seu filho arrancou sua roupa, passou a mão no seu corpo e partes íntimas e a agrediu fisicamente com socos, tapas e chutes para tentar forçá-la a manter relações sexuais com ele. A mulher ainda relatou que conseguiu sair das mãos dele e correu para a residência de seu vizinho.

O comandante do policiamento em Simonésia, tenente Vieira, falou sobre o fato. “Uma ocorrência complexa, tendo em vista que o autor possui visíveis sinais de ter problemas mentais. A Policia Militar tomou as providencias referente à parte criminal. Já com relação a esse distúrbio iremos oficiar ao setor de saúde e de assistência social para verificar essa situação clinica dele, para uma possível interdição, se for o caso. Como ainda não há essa interdição, foram adotadas as medidas de praxe”, disse.

Ainda segundo informações, os fatos tem sido recorrentes causando comoção na comunidade local.

Os militares notaram que a vítima também está passando por problemas devido seu comportamento durante o atendimento da ocorrência. Ela foi atendida no Pronto Atendimento, onde foram constatadas algumas lesões no corpo.

O rapaz foi localizado e preso com uma faca na cintura.

Fonte: Portal Caparaó / Giro 21

Confira também

Batida entre caminhões deixa um morto na BR-116

Um caminhoneiro de 62 anos morreu em um acidente, na tarde desse domingo (9), na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *