Foragido da Justiça é preso por estupro e homicídio em Sericita

Na manhã desta terça-feira (22/6), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou operação para cumprimento de mandados de prisão expedidos contra um homem, de 49, foragido do sistema prisional desde agosto de 2012.

A ação, realizada na zona rural de Sericita, no alto da localidade Córrego do Matipozinho, Zona da Mata, contou com a participação de policiais civis de Abre Campo, Matipó e Manhuaçu.

Conforme relatado pelos policiais, quando as equipes se posicionavam para cercar a casa do pai do foragido, o homem tentou fugir por meio de plantações de café. No entanto, ele foi localizado escondido na casa de um familiar, quando foi preso.

A ação policial para prisão do foragido foi supervisionada pelo delegado regional em Manhuaçu Felipe de Ornelas Caldas; coordenada pelo delegado titular em Abre Campo Bernardo Barros Machado; e contou com a participação do inspetor em Manhuaçu Hernesto Francisco da Silva e da Agência de Inteligência dessa cidade.

Entenda o caso

O homem de 49 anos estava preso em Abre Campo, desde 14 junho de 2011, enquanto aguardava julgamento pelo homicídio da companheira, cometido em 27 de julho de 2008. À época, ele também era investigado por crime de estupro, cometido contra a filha de 11 anos, no dia 13 de outubro de 2010. Os dois crimes ocorreram na zona rural de Sericita.

Dois anos depois de fugir da prisão, no dia 6 de maio de 2014, mesmo foragido, foi realizado julgamento referente ao homicídio, sendo o homem condenado à pena de 19 anos de prisão em regime fechado. A sentença transitou em julgado no dia 26 de maio de 2014. A investigação do crime de estupro avançou com indiciamento do foragido, motivo pelo qual também foi decretada a prisão preventiva do homem.

Fonte: PCMG


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo