Golpista se passa por filho de médico e subtrai carro de agência



Nessa segunda-feira (5), um Volkswagen Gol City, de cor preta, placas PUA-3192 de Belo Horizonte, foi levado de uma agência de veículos da cidade de Manhuaçu, alvo da ação de um golpista.

O solicitante relatou que, por volta das 14h, um homem ligou para a agência dizendo que era médico cardiologista e que tinha interesse em comprar o automóvel para o seu filho. Durante o contato, ele disse que o mesmo iria até a loja dar uma olhada no carro.

Mais tarde, chegou à agência um cidadão branco estatura mediana, cabelo bem aparado, com uma tatuagem no pescoço escrito uma palavra na cor vermelha e outra tatuagem simulando um cordão. Ele usava calça jeans azul, tênis e blusa de frio roxa. O indivíduo se apresentou como filho do médico que havia feito contato com a loja e na presença da vítima ligou para um suposto mecânico tendo combinado com ele de levar o automóvel para uma verificação.




O funcionário da loja autorizou a retirada do veículo acreditando que seria para uma avaliação, entretanto depois de horas o autor não retornou à agência com o automóvel. A Polícia Militar realizou rastreamento pela cidade, mas o autor e o veículo levado não foram encontrados.

Segundo informações da PM, o autor chegou acompanhado por outro indivíduo em um veículo Citroen/C3 Aircross, placas KPJ-9515 de Macaé. A agência alvo do golpe não fez nenhum registro do cidadão que levou o veículo.

Qualquer informação que ajude na identificação e prisão do autor do crime, bem como do veículo subtraído, deve ser repassado à PM pelo telefone 190.

Fonte: PMMG

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.