Homem com transtorno mental é enganado e carrega corpo de mulher morta por marido em sacola

Casal em foto divulgada nas redes sociais antes do crime
A polícia segue investigando a morte de Franciane Moizes Pedro, de 27 anos, em Miracema, no Noroeste Fluminense. O marido dela, Gutemberg Xavier Alves, de 43 anos, é considerado o principal suspeito crime.

Franciane estava desaparecida desde o dia 13 de setembro, porém o registro do desaparecimento só foi registrado em outubro. O companheiro dela chegou a ser ouvido na Delegacia de Polícia e demonstrou contradição no depoimento. Ele chegou a ter o carro examinado pela perícia.

Após prestar depoimento, Gutemberg teria desenterrado o corpo em uma área cimentada no quintal da casa do casal e levado para uma zona rural já em Palma, que faz divisa com Miracema.

O acusado teria convencido um homem com transtorno mental a carregar o corpo de Franciane até o local, após alegar que se tratava de um cachorro morto. Antes disso, o suspeito teria cortado o corpo em partes e ateado fogo no mesmo.

A polícia teve acesso a imagens de câmeras de segurança que mostram o acusado e o homem com transtorno mental saindo da casa onde o casal morava com uma sacola azul.

A polícia pede para que a população denuncie caso saiba o paradeiro do homem pelo número (22) 3852-1977.

O suspeito era considerado possessivo e não deixava Franciane ter contato com outras pessoas.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do G1


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo