Homem é morto a golpes de pá em Raul Soares



Um homem de 61 anos foi morto, na tarde desta sexta-feira (25), a golpes de pá na cidade de Raul Soares.

Por volta das 12h, a Polícia Militar foi acionada e compareceu à Rua Augusta Amélia Dutra, no bairro Vila Esperança, onde a vítima José Conceição da Silva foi encontrada com o rosto ensanguentado. No local do fato, ao lado do corpo da vítima, foi encontrada uma pá no chão e um cachimbo de crack.

A vítima foi socorrida por uma ambulância e encaminhada ao Hospital São Sebastião, onde deu entrada ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito instantes depois.




Uma testemunha relatou que a vítima estava acompanhada por um homem e uma mulher, sendo que eles estariam fazendo uso de drogas, tendo a vítima dito que “não iria colocar mais pedra de crack no prato”. Em seguida, a testemunha saiu do local para pegar uma bebida em um bar, quando voltou deparou com a vítima já caída ao solo.

A testemunha passou as características dos suspeitos, que foram localizados após rastreamento. A mulher, de 38 anos, foi encontrada na rodoviária. Com ela, os policiais apreenderam uma faca. Já o homem, de 44 anos, foi localizado nas proximidades de sua residência.

A autora relatou que, no momento em que a testemunha foi comprar a bebida, a vítima estava deitada no chão, momento em que o autor pegou a pá e desferiu contra a cabeça cerca de três vezes. Logo em seguida, o autor mandou ela procurar dinheiro no bolso da vítima, mas não encontraram nenhum dinheiro e evadiram do local.

Já o autor disse que teve um desentendimento com a vítima e pensou que ele iria agredi-lo com um canivete que pertenceria à autora. Ele relatou que então pegou a pá e desferiu dois golpes. Quando saia do local, viu a autora mexendo nos bolsos da vítima a procura de dinheiro.

Diante dos fatos, os autores foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia de Plantão em Carantiga.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.