Home / Notícias / Região / Homem é preso após matar e esquartejar mãe e filha em Minas

Homem é preso após matar e esquartejar mãe e filha em Minas

Um homem de 47 anos foi preso, no último sábado (10), suspeito de matar mãe e filha na zona rural de Silvianópolis, no Sul de Minas.

Francileide Assis Barbosa, de 26 anos, era natural de Feira de Santana (BA). Ela trabalhava na região como garota de programa, até que conheceu um produtor rural e foi morar com ele.

Com o passar do tempo, ela levou a filha Bruna Carla Assis, de 5 anos, fruto de outro relacionamento, para morar com seu atual companheiro, só não esperava que o envolvimento fosse terminar de forma trágica.




Após uma discussão, o amásio de Francileide matou ela a marteladas. A filha da vítima ouviu a confusão e foi atrás da mãe. O autor também a golpeou com o martelo.

Em seguida, ele levou os corpos para o porão da casa, onde os esquartejou. “Ele usou uma faca de cozinha, onde ele escarnou as porções onde ele iria serrar e depois ele usou um arco de serra. A mãe, ele serrou um dos braços, a cabeça, as duas pernas. Na sequência, também cortou o corpo da menina. Como a menina não cabia dentro do saco, ele não conseguia dobrá-la”, disse a médica legista Tatiana Teles Koeler.

Os crimes teriam acontecido no dia 27 de outubro, mas só no dia 6 de novembro a polícia tomou conhecimento dos fatos, após partes de um corpo serem encontrados em estado de decomposição em São João da Mata, município vizinho a Silvianópolis. O corpo da menina foi encontrado em uma fossa, no sítio de um familiar do autor.




Inicialmente, o produtor rural negou a autoria do crime, mas entrou em contradição e acabou confessando o duplo feminicídio. Ele foi levado para o Presídio de Pouso Alegre.

Assista a reportagem da TV Record:




Fonte: Guia Muriaé, com informações do G1

Confira também

Homem é preso após furto de cabos de cobre em igreja em Cataguases

Um homem de 30 anos foi preso, na madrugada deste sábado (21), pelo crime de …

Um comentário

  1. Essas leis tem que serem revistas!
    Tamanha crueldade desse indivíduo.
    Um covarde que tem que pagar pelos crimes cometidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *