Homem é preso suspeito de abusar de menina de 10 anos em Raul Soares



Um homem de 47 anos foi preso, na manhã desta terça-feira (14), por estupro de vulnerável na cidade de Raul Soares.

Por volta das 8h30, a Polícia Militar recebeu denúncia anônima dando conta de que uma menina, 10 anos, estaria dentro da casa do autor sozinha com este. Segundo o denunciante, o fato vinha se repetindo com certa frequência.

No local, militares depararam com a vítima deitada no sofá, com roupa, e o autor também estava no cômodo mexendo no aparelho de som, sendo que ele estava com a bermuda molhada próximo ao órgão genital.




Em relato a polícia e também na presença de Conselheiras Tutelares, a garota afirmou que nesta data o autor tirou seu órgão genital para fora e ela teria sentado em cima, disse ainda que em datas anteriores o autor já havia a tocado.

Questionado sobre os fatos, o autor confirmou que a menina tirou a roupa, mas disse que foi ela que veio para cima dele, que por sua vez tirou seu órgão genital para fora, porém não houve penetração. Disse ainda que nunca tinha forçado a garota a fazer nada.

A mãe da menina alegou ter deixado ela em casa para ir ao dentista. Segundo informações, a menina constatemente fica em casa sem um adulto responsável, pois sua genitora faz muito uso de bebidas alcoólicas.

Diante dos fatos, o autor foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia de Raul Soares. A mãe da menina também foi detida pelo crime de abandono de incapaz e também foi apresentada a autoridade policial.

A garota foi conduzida ao hospital local para passar por exames de praxe.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.