Homem que foi encontrado abraçado ao corpo da mãe matou vítima asfixiada com água, conclui polícia

Rapaz de 33 anos tinha histórico de violência contra a idosa e uso de drogas. Ele vai ser indiciado pelo crime de homicídio, segundo delegado.

Guia Muriaé no WhatsApp
Delegado Glaydson Souza
A Polícia Civil confirmou nesta terça-feira (28) que a causa da morte de uma mulher de 64 anos, encontrada abraçada ao filho de 33 anos em 22 de maio, foi asfixia com água.

O caso, ocorrido em Laranjal, Zona da Mata mineira, passa agora a ser tratado como homicídio.

Segundo o delegado Glaydson Ferreira, de Muriaé, a necropsia revelou que a vítima foi asfixiada após ter uma grande quantidade de água inserida em sua garganta pelo suspeito. Testemunhas corroboraram os detalhes sobre a forma da agressão.

O filho, inicialmente detido por omissão de socorro e vilipêndio de cadáver, agora enfrentará também acusações de homicídio. Informações policiais indicam que o homem possui um histórico de uso de drogas e violência contra a mãe.

As investigações continuam para elucidar todos os aspectos deste crime que chocou a comunidade local.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do G1

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo