Idosa é morta a tiros em Rodeiro em crime planejado pela filha adotiva



Uma idosa de 67 anos foi morta a tiros, na noite desse domingo (20), na cidade de Rodeiro. Três pessoas foram detidas por participação no crime, incluindo a filha adotiva da idosa.

Por volta das 22h30, a Polícia Militar recebeu uma ligação telefônica informando que dois indivíduos em uma motocicleta Honda CG Titan, cor prata, efetuaram disparos contra uma mulher em sua residência e havia acontecido um roubo. Em seguida estes indivíduos fugiram sentido a Praça São Sebastião.

Os militares compareceram à Rua Escrivão Leopoldo de Araújo, bairro Centro, onde depararam com Geny do Carmo de Oliveira Benevenuto baleada, aparentemente com três tiros no peito e um no braço esquerdo. De imediato foi acionado o SAMU, que constatou o óbito.




Os militares fizeram contato com uma jovem, de 20 anos, filha adotiva da vítima, que relatou que veio até a cidade de Ubá e ao retornar para a cidade de Rodeiro foi seguida por uma motocicleta até sua residência, que ao descer do carro um dos ocupantes veio em sua direção com arma em punho, apontando para sua cabeça, anunciando o roubo. Ela subiu para o segundo andar e adentrou em sua residência, onde estava sua mãe adotiva, que o assaltante efetuou quatro disparos contra sua mãe adotiva e em seguida fugiu levando o aparelho de aparelho celular da vítima fatal.

Os policiais indagaram a filha adotiva da vítima porque ela não procurou a polícia quando estava sendo seguida, levando os autores até sua residência. Durante a conversa, a equipe da PM percebeu que a jovem não demonstrava comoção pela morte da mãe adotiva e nem apreensão pelo assalto ocorrido.

Após longa parlamentação, a jovem acabou confessando que estava sendo ameaçada por seu irmão, de 22 anos, que estava exigindo dinheiro, que caso não lhe desse que ele iria lhe matar. Ainda de acordo com os relatos, diante das ameaças, ela foi à residência de seu irmão, que reside à Rua Virgílio Maia Neves, bairro da Luz, em Ubá, e o levou até o bairro Palmeiras, também na cidade de Ubá, para pegar um comparsa. Em seguida, os autores lhe acompanharam até sua casa no intuito de dar um susto na vítima para tentar conseguir dinheiro. Quando os cidadãos infratores chegaram na casa, a idosa negou a entrega do dinheiro. Em seguida ela ouviu os disparos e abaixou a cabeça, não sabendo informar quem atirou.

Diante das informações, os militares foram até a residência do irmão da jovem. Ele foi localizado e confessou sua participação no homicídio, relatando que dias atrás foi procurado pela irmã, sendo oferecido a ele a quantia de R$ 3.000,00 para dar um susto em sua mãe adotiva.

O comparsa dele, um adolescente de 14 anos, também foi localizado pela polícia. Ele relatou que foi procurado em sua residência na parte da manhã pelo rapaz, que estava armado de revólver, que combinaram de se encontrar a noite para cometerem um roubo. Durante a noite ele foi procurado pelos dois irmãos, que chegaram de carro, que o rapaz lhe disse que tinha uma “fita boa” na residência da vítima, mãe adotiva da autora, e que no local havia muito dinheiro, que colocou uma sacola para tampar a placa da motocicleta e junto com o jovem, que foi pilotando a motocicleta, seguindo a filha adotiva da vítima até a cidade de Rodeiro, seguindo até a casa onde o crime ocorreu.

A arma de fogo, um revólver calibre 32 foi localizado com cartucho um intacto sendo apreendidos juntamente com os veículos utilizados no crime, uma motocicleta e um carro.

Os autores foram presos e o adolescente apreendido. Todos foram conduzidos a Delegacia de Polícia para demais providências.

Segundo informações da PM, o motivo do crime seria brigas frequentes entre a vítima e sua filha adotiva.

Fonte: Guia Muriaé

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.