Investigação resulta em três prisões por homicídio em Matipó

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu três suspeitos, em datas diversas, em razão de homicídio ocorrido no dia 26 de outubro deste ano, em Matipó, na Zona da Mata.

Conforme investigação, a vítima foi morta a tiros por duas pessoas durante confraternização realizada na casa da namorada. A polícia acredita que o crime tenha sido cometido a mando de um traficante da região.

Após levantamentos do serviço de inteligência, a PCMG localizou um dos suspeitos. No dia 9 de novembro, policiais de Manhuaçu, Matipó e Abre Campo cercaram o imóvel em que ele estava escondido, na área rural no Córrego do Barroso, município de Santa Margarida, ocasião em que ele foi preso.

Já no dia 25 do último mês, a polícia prendeu o homem apontado como mandante do crime. Por fim, no sábado (28/11), foi preso o terceiro suspeito, que se apresentou na Delegacia de Polícia Civil em Abre Campo, onde foi cumprido mandado de prisão expedido pela Justiça.

O delegado Felipe Ornelas ressalta que “a PCMG age imediatamente na persecução criminal para que a resposta seja dada à comunidade e, assim, não paire a sensação de impunidade nas seis cidades que compõem a comarca de Abre Campo”.

“Crimes graves como esse homicídio serão sempre apurados e os envolvidos, responsabilizados. A investigação qualificada, com responsabilização dos suspeitos, inibe a criminalidade e demonstra à população a força do Estado”, pontua o investigador Éder Lúcio Marçal.

Os presos foram encaminhados ao sistema prisional, onde estão à disposição da Justiça. As investigações serão concluídas nos próximos dias.

Fonte: PCMG


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo