Home / Notícias / Região / Investigador da Polícia Civil mata companheira e se suicida em seguida

Investigador da Polícia Civil mata companheira e se suicida em seguida

Um investigador da Polícia Civil de Minas Gerais matou sua amásia e se suicidou logo em seguida, na noite de sábado (10), em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Cassio Barbosa de Souza, de 45 anos, atirou contra Bruna Christina de Souza e Souza, de 33. Ela morreu na hora. Logo em seguida, ele atirou na própria cabeça. Ele chegou a ser socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Joaquim de Bicas. Posteriormente, chegou a ser transferido para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, mas não resistiu.




O casal estava na casa de um amigo. A motivação para o crime ainda é desconhecida.

Cassio era lotado na 7ª Delegacia em Contagem, também na Grande BH.

Fonte: Guia Muriaé, com informações do O Tempo

Confira também

Homem mata companheira com facada e morre atropelado por trem

Nessa terça-feira (16), um homem matou a companheira a facada e em seguida cometeu suicídio …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *