Jovem é encontrado morto com tiro na nuca em lavoura em Manhuaçu



O corpo de um jovem de 27 anos foi encontrado, no final da manhã dessa terça-feira (30), em uma lavoura em Manhuaçu. Robert da Silva Alves, conhecido como “Dentinho”, era morador do bairro Santa Luzia. Ele estava desaparecido desde a última quinta-feira (25) e foi localizado morto com um tiro na nuca.

De acordo com o tenente Robson, a Polícia Militar recebeu a denúncia de um corpo numa lavoura no alto do bairro Matinha. “Fomos ao local e confirmamos que era o corpo do rapaz conhecido como Dentinho. Familiares estiveram lá e fizeram o reconhecimento. A PM continua fazendo levantamentos agora para identificar os autores do homicídio”, detalha. Ao lado do corpo, a perícia encontrou uma tiara. “Isso indica que a criança estava próximo ao pai e teria presenciado esse crime”, lamentou o Tenente Robson.

Segundo ele, a PM irá continuar os levantamentos e tem algumas informações sobre suspeitos. “Pedimos à população que nos ajude, passando denúncias e informações para a polícia no 190 ou no 181 ou até mesmo procure um policial que você tenha confiança”.




Desaparecimento

Na sexta-feira (26), o cunhado do rapaz recebeu uma ligação dando conta de que Dentinho havia sido assassinado, mas o telefonema não informava o local da suposta morte e nem detalhes do que teria acontecido.

Policiais militares realizaram rastreamento e levantamentos na região do bairro Santa Luzia e nas áreas de mata e plantações nos bairros próximos. Nada havia sido encontrado.

A ex-companheira disse que Robert havia saído com a filha por volta das 21h e não retornou. A criança foi encontrada na rua Bras Marques, bairro Santa Luzia, sozinha e levada a sua residência por um individuo.

A menina chegou com a roupa suja de marcas de sangue e de terra. Ela teria sido levada de táxi por uma mulher.

A PM fez vários levantamentos, inclusive sobre a ligação telefônica, mas não houve grandes avanços ainda.

Já na segunda-feira (29), nas redes sociais, foram divulgadas fotos de Dentinho como desaparecido, pedindo informações e passando o telefone de contato de familiares. Agora, o caso é tratado como homicídio.

Fonte: Portal Caparaó

Últimas notícias em vídeo



Envie um comentário

 

Política de moderação de comentários

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o administrador do site pelo conteúdo do mesmo, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal/familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.