Jovem é indiciado por duplo homicídio em Juiz de Fora

Vítimas, uma mulher de 45 anos e um homem, de 53, foram esfaqueados no bairro São Mateus

Guia Muriaé no WhatsApp

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu a investigação referente ao duplo homicídio, ocorrido no dia 27 de outubro deste ano, no bairro São Mateus, em Juiz de Fora, na Zona da Mata. Um homem, de 25 anos, foi indiciado pelo crime.


Conforme apurado pela Delegacia Especializada de Investigação a Homicídios, na madrugada dos fatos, as vítimas, uma mulher de 45 anos e um homem, de 53, foram abordadas pelo suspeito quando transitavam pela rua Morais e Castro.

Sem motivo aparente, o investigado teria puxado uma faca e esfaqueado o homem. Diante da agressão, a mulher tentou afastar o indivíduo e também foi atingida.

Conforme explicou o delegado do caso, Samuel Neri, “Em análise das imagens das câmeras de segurança da região, policiais civis verificaram que, apesar de as vítimas terem conseguido se afastar do suspeito, ele insistiu e voltou a se aproximar, atingindo novamente o homem, que morreu no local. Devido à gravidade dos ferimentos, a mulher também não resistiu e morreu dias depois do ataque.”

O suspeito, que é investigado por outros crimes violentos, inclusive homicídio, permanece preso desde a data dos fatos, quando foi detido em flagrante.

Equipe: Chefe do 4º Departamento, delegado-geral Eurico da Cunha Neto.
Delegado regional em Juiz de Fora Bruno Wink.
Delegado Samuel Neri.
Inspetor Everton Delgado.
Escrivães Thiago Salvador e Matheus Almeida.
Investigadores Gustavo Bellei, Thiago Valle, Ana Lúcia Lacerda e Geraldo Carnevali.

Fonte: PCMG

WhatsApp Receba nossas notícias direto no seu WhatsApp! Envie uma mensagem para o número (32) 99125-5754 ou pelo link https://wa.me/5532991255754
Seguir o Guia Muriaé no Google News
📲 Acompanhe o GUIA MURIAÉ - Facebook / Instagram / Telegram / Threads / TikTok / Twitter / YouTube / WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Guia Muriaé no WhatsApp
Botão Voltar ao topo