Home / Notícias / Região / Jovem que divulgava locais de blitz em grupo de WhatsApp é preso

Jovem que divulgava locais de blitz em grupo de WhatsApp é preso

Um jovem de 19 anos foi preso por divulgar informações sobre blitz da Polícia Militar pelo WhatsApp. A prisão aconteceu na madrugada de sábado (17) na cidade de Ubá.

Por volta da meia-noite e meia, após levantamento realizado por militares do 21º Batalhão de Polícia Militar, o autor foi abordado e preso.

Ele foi detido com base no Artigo 265 do Código Penal, após divulgar em grupos do WhatsApp locais e horários de onde estariam sendo realizadas as blitz policiais.




O autor foi encaminhado à Delegacia de Polícia Judiciária, para demais providências.

Divulgar blitz é crime

A PM informa que espalhar avisos sobre blitzes é crime de atentado contra serviço de utilidade pública. A pena varia de um a cinco anos de prisão, além de multa. Os membros que atuam em páginas e grupos com o mesmo objetivo também podem responder pelo mesmo crime.




Fonte: Guia Muriaé




Confira também

Sine de Viçosa abre 9 vagas de emprego nesta quarta-feira

O Sistema Nacional de Emprego (SINE) divulgou 9 vagas de emprego nesta quarta-feira (17) na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *