Home / Notícias / Região / Ladrão é morto ao forçar passagem em operação policial em Manhuaçu

Ladrão é morto ao forçar passagem em operação policial em Manhuaçu

Um homem de 35 anos morreu ao forçar a passagem numa operação da Polícia Militar de Meio Ambiente e Trânsito na LMG-838, entre Vila Formosa e Ponte do Silva, zona rural de Manhuaçu, na tarde dessa sexta-feira (19).

O tenente Moura, comandante do Pelotão de Meio Ambiente e Trânsito, reforça que a PM está realizando operações nas rodovias estaduais com frequência. “Durante esta tarde, a equipe da Polícia Rodoviária realizava a operação nesse trecho e tentou abordar Alecir Basílio, que conduzia uma moto. Ele desrespeitou o sinal de parada, avançou e acelerou a moto, atropelando o policial. Nesse momento, veio a causar um disparo da arma do militar que atingiu o condutor. Alecir Basílio caiu na rodovia e morreu no local”, detalhou em entrevista ao Portal Caparaó.




Relógio e celular furtados

A PM apurou que Alecir, momentos antes, havia furtado um relógio pertencente a uma mulher, numa empresa localizada no bairro Ponte da Aldeia. A vítima do furto reconheceu o homem como sendo autor do furto e tal objeto foi encontrado no local dos fatos. Também foi localizado com ele um telefone celular, ao qual continham mensagens de uma mulher que pedia ao ladrão que devolvesse o aparelho telefônico que havia sido roubado do marido dela, levando a crer que não pertencia a Alecir.

Militares então entraram em contato com a remetente e ela relatou aos militares que o aparelho telefônico era de propriedade do marido, ao qual foi vitima do furto no bairro Coqueiro na quinta-feira. A vítima reconheceu Alecir como sendo o autor do crime contra o patrimônio.

A PM registrou ocorrência de tentativa de homicídio com o rapaz como autor – utilizando a motocicleta como arma e outra ocorrência da resistência do policial para defender sua vida. “Estamos recolhendo o policial para o batalhão para as medidas administrativas e a arma dele foi apreendida. A perícia da Polícia Civil já esteve no local e fez os levantamentos devidos”.

Fonte: Jailton Pereira / Portal Caparaó

Confira também

Homem é preso após matar e esquartejar mãe e filha em Minas

Um homem de 47 anos foi preso, no último sábado (10), suspeito de matar mãe …

2 comentários

  1. EM VEZ DE RECOLHER A ARMA DESTE POLICIAL DEVERIAM DAR PARA ELE UMA MEDALHA ,UM PREMIO EM DINHEIRO E UMA ARMA NOVA E MAIS POTENTE. PARABENS!!!!

  2. Entrega a arma do pilicial. Fez um bom serviço para a sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *